Mercado fechará em 5 h 5 min
  • BOVESPA

    106.446,73
    +72,86 (+0,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.973,27
    +228,35 (+0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,47
    +1,65 (+1,97%)
     
  • OURO

    1.818,40
    +1,90 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    41.633,20
    -966,36 (-2,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    995,65
    -30,08 (-2,93%)
     
  • S&P500

    4.662,85
    +3,82 (+0,08%)
     
  • DOW JONES

    35.911,81
    -201,79 (-0,56%)
     
  • FTSE

    7.570,93
    -40,30 (-0,53%)
     
  • HANG SENG

    24.112,78
    -105,25 (-0,43%)
     
  • NIKKEI

    28.257,25
    -76,27 (-0,27%)
     
  • NASDAQ

    15.351,00
    -244,75 (-1,57%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2808
    -0,0130 (-0,21%)
     

Esquadrão antibomba acionado após homem aparecer em hospital com projétil da 2ª Guerra no intestino baixo

·2 min de leitura
Esquadrão antibomba acionado após homem aparecer em hospital com projétil da 2ª Guerra no intestino baixo
Esquadrão antibomba acionado após homem aparecer em hospital com projétil da 2ª Guerra no intestino baixo

Uma equipe de pronto-socorro do Hospital Real de Gloucestershire, em Gloucester (Inglaterra), precisou chamar um esquadrão antibombas após um paciente dar entrada no local com um projétil de canhão alojado em seu reto, a última parte do intestino baixo, ou grosso. O caso aconteceu na última quinta-feira (2) e afligiu os médicos, pois havia um receio de que a munição explodisse a qualquer momento, levando todo mundo aos ares.

O homem, cuja identidade não foi revelada, é entusiasta de artefatos militares. De acordo com informações do jornal britânico The Sun, ele encontrou o objeto durante uma limpeza, quando escorregou e pousou sobre o projétil de 6 cm de diâmetro e 17 cm de comprimento, terminando nessa situação (essa é versão dele).

O objeto, segundo especialistas, foi utilizado pela Artilharia Real do Reino Unido na 2ª Guerra Mundial como munição antitanque. “Ele estava sentindo muita dor e acho que colecionava memorial militar”, disse uma fonte à publicação britânica.

Projétil de canhão da 2ª Guerra Mundial
Projétil encontrado no ânus do homem era usado como munição antitanque na 2ª Guerra Mundial (Reprodução/Polícia de Gloucestershire)

Projétil poderia “rasgar um tanque”, afirma fonte do Exército

A polícia local e as tropas do 11º Regimento de Descarte de Artilharia Explosiva chegaram rapidamente no hospital, mas o projétil alojado no homem já havia sido retirado. “Era um pedaço de chumbo pontudo e grosso, projetado para rasgar a blindagem de um tanque”, afirmou uma fonte do Exército britânico ao jornal The Sun. “[Mas] era basicamente um pedaço de metal inerte, então não houve risco de vida.”

O que o militar quer dizer é que a munição é sólida, como uma bala de revólver em tamanho grande, não explosiva, como uma ogiva de artilharia. Ainda hoje, munição sólida continua a ser uma opção antitanque, geralmente disparada de outros tanques.

Um porta-voz do hospital disse que a equipe chamou o esquadrão para assegurar que “não houvesse risco para pacientes, funcionários e visitantes”. “Todos os protocolos relevantes de segurança foram seguidos”, afirmou a comunicação do Hospital Real de Gloucestershire.

Apesar de todo o alarde, o homem já recebeu alta do hospital e deve ter uma recuperação rápida após o infeliz incidente com o projétil.

A história pode soar cômica (como outras envolvendo objetos alojados nessa área da anatomia humana), mas munição de guerras passadas é um problema sério na Europa. Até a nova Gigafrábrica da Tesla teve que passar por um procedimento de segurança por conta de projéteis não deflagrados encontrados em seu terreno.

Via The Sun

Imagem: Reprodução/Polícia de Gloucestershire

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos