Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.801,21
    -1.775,35 (-1,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.195,43
    -438,48 (-0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,02
    -2,54 (-3,60%)
     
  • OURO

    1.814,30
    +0,20 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    39.862,45
    +1.694,03 (+4,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    977,06
    +50,30 (+5,43%)
     
  • S&P500

    4.402,66
    -20,49 (-0,46%)
     
  • DOW JONES

    34.792,67
    -323,73 (-0,92%)
     
  • FTSE

    7.123,86
    +18,14 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    26.426,55
    +231,73 (+0,88%)
     
  • NIKKEI

    27.584,08
    -57,75 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    15.081,50
    +35,25 (+0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1185
    -0,0470 (-0,76%)
     

Esposa do “Rei do Bitcoin” descumpre medidas cautelares é presa novamente

·2 minuto de leitura
Polícia Federal (PF) em ação
Polícia Federal (PF) em ação

A Polícia Federal continua atuando na Operação Daemon, cumprindo mais mandados. Uma das ações foi a prisão da mulher do alvo principal da investigação, que teve a liberdade autorizada pela justiça, mas estava descumprindo as medidas cautelares impostas pela justiça federal.

No começo do mês a Polícia Federal do Paraná realizou a prisão de Cláudio Oliveira, responsável pelo Bitcoin Banco, acusado de ter dado golpe em mais de 7 mil clientes no Brasil. A partir da prisão a investigação continuou, ouvindo depoimentos e analisando provas coletadas durante a Operação Daemon.

Após a prisão, alguns dos envolvidos foram liberados, um deles foi a esposa de Cláudio Oliveira. No entanto, segundo o Folha do Litoral, ela não cumpriu com as medidas cautelares impostas pela justiça federal.

Segundo o jornal, informações recebidas por um dos investidores nas operação apuraram que a esposa do alvo principal estava descumprindo, principalmente, a medida de não se comunicar com outros investigados.

O Folha do Litoral destacou que registros de mensagens enviadas por aplicativo de celular mostram que a investigada utilizou um aparelho celular recém habilitado em seu nome para buscar contato com outros investigados na operação, possivelmente à mando de seu marido.

Durante o seu depoimento, a mulher de Cláudio disse que não tem mais nenhum relacionamento com o investigado e nenhum laço próximo. No entanto, a investigação acredita que eles ainda possuem um relacionamento estreito e que ambos podem estar compartilhando e ocultando das autoridades uma possível carteira de criptomoedas.

Com isso, na manhã desta sexta-feira, 16, a esposa do investigado foi presa mais uma vez e teve seus dispositivos eletrônicos pessoais apreendidos. A prisão foi realizada para evitar que ela continue buscando contato com outros investigados para realizar ajustes nas versões dos depoimentos ou inibir a continuidade dos delitos.

A Operação Daemon continua atuando com o objetivo de não encerrar as atividades criminosas, mas também para a elucidação da participação de todos os investigados nos crimes. Além disso, a operação também iniciou processos de rastreio de bens para iniciar o processo de recuperação para as vítimas.

Durante a investigação, o caso de recuperação judicial do Banco Bitcoin foi alterado para a falência pela justiça.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos