Mercado fechará em 1 h 22 min
  • BOVESPA

    110.600,09
    -72,66 (-0,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.399,23
    -3,47 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,58
    +0,62 (+0,75%)
     
  • OURO

    1.784,00
    +13,50 (+0,76%)
     
  • BTC-USD

    66.411,16
    +3.147,69 (+4,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.543,95
    +63,15 (+4,26%)
     
  • S&P500

    4.532,32
    +12,69 (+0,28%)
     
  • DOW JONES

    35.623,96
    +166,65 (+0,47%)
     
  • FTSE

    7.223,10
    +5,57 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    26.136,02
    +348,81 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.337,00
    -61,50 (-0,40%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4696
    -0,0266 (-0,41%)
     

Especificações do iPhone dobrável são divulgadas, com display da LG

·2 minuto de leitura

O mercado de smartphones dobráveis deve ganhar vários concorrentes nos próximos meses. Depois de o Google já ter sido flagrado trabalhando em dois modelos para fazer frente aos Galaxy Z Fold 3 e Galaxy Z Flip 3, a Apple também poderá lançar aparelhos que possuem tela flexível em seus eixos horizontal e vertical.

Novos rumores trazem algumas especificações e detalhes do iPhone Flip, smartphone denominado ainda de forma extraoficial. Ele deverá ter uma tela interna de 7,5 polegadas — um pouco menor do que o Galaxy Z Fold 3, que tem 7,6 polegadas.

Ainda não é certo se essa informação é referente ao dispositivo que se dobra em formato de concha ou se será o celular flexível como um livro, mas pelo tamanho da tela interna o mais provável é que seja a segunda opção, sendo então um concorrente para futuros modelos das linhas Samsung Galaxy Z Fold e Xiaomi Mix Fold.

iPhone dobrável na horizontal poderá trazer tecnologias para torná-lo mais fino (Imagem: Voonze)
iPhone dobrável na horizontal poderá trazer tecnologias para torná-lo mais fino (Imagem: Voonze)

Caso se trate do dispositivo similar ao Galaxy Z Flip 3, que torna-se menor do que um smartphone comum quando fechado, a Apple já estaria trabalhando em duas tecnologias para evitar que o smartphone fique muito grande ou espesso. Espera-se que a companhia consiga implementar bordas extremamente finas — ou inexistentes — para diminuir a dimensão geral do aparelho, mantendo um tamanho de tela comparável com um pequeno tablet.

Além disso, a Maçã também poderá implementar um display completamente integrado com os outros componentes internos do smartphone, o que permitiria um celular muito mais fino, mesmo quando dobrado ao meio. Não foram divulgados detalhes de como funciona essa integração, até porque a companhia ainda estaria em fases iniciais de desenvolvimento da tecnologia.

A Apple deverá ter os displays dobráveis fornecidos pela LG, com o objetivo principal de evitar o monopólio da Samsung na manufatura de telas flexíveis para smartphones — segundo rumores, a Samsung poderá fabricar componentes similares para o Google, além da experiência de já ter lançado seus próprios smartphones. A LG possui um histórico com telas flexíveis para televisões, e lançou um novo display dobrável para celulares na semana passada, com destaque para o fato de que ele pode ser virado para dentro ou para fora.

Novo dobrável da Apple poderá ter display da LG, que apresentou recentemente uma tela flexível para dentro ou para fora (Imagem: MacRumors)
Novo dobrável da Apple poderá ter display da LG, que apresentou recentemente uma tela flexível para dentro ou para fora (Imagem: MacRumors)

De acordo com o analista Ming-Chi Kuo, a Apple apresentará seus novos smartphones dobráveis apenas em 2023. Como ainda há um período de mais de um ano até o lançamento, ainda não foram divulgados outros detalhes do dispositivo, como resolução e taxa de atualização da tela, assim como informações de desempenho, câmeras e bateria.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos