Mercado fechará em 1 h 36 min
  • BOVESPA

    130.023,63
    -184,33 (-0,14%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.892,41
    -137,13 (-0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,11
    +1,23 (+1,74%)
     
  • OURO

    1.858,30
    -7,60 (-0,41%)
     
  • BTC-USD

    41.246,97
    +1.124,41 (+2,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.023,72
    +13,11 (+1,30%)
     
  • S&P500

    4.249,16
    -5,99 (-0,14%)
     
  • DOW JONES

    34.321,73
    -72,02 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.172,48
    +25,80 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    28.638,53
    -203,60 (-0,71%)
     
  • NIKKEI

    29.441,30
    +279,50 (+0,96%)
     
  • NASDAQ

    14.024,25
    -100,50 (-0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1262
    -0,0053 (-0,09%)
     

Especializada em contratação de mão de obra estrangeira, Deel chega ao Brasil

·3 minuto de leitura
Especializada em contratação de mão de obra estrangeira, Deel chega ao Brasil
Especializada em contratação de mão de obra estrangeira, Deel chega ao Brasil

Com pouco mais de dois anos em atividade, a Deel acaba de anunciar sua chegada no Brasil. Após captar US$ 156 milhões em uma rodada de investimentos série C liderada pela YC Continuity, a startup especializada em contratações de profissionais estrangeiros inaugurou suas operações em solo tupiniquim há pouco mais de um mês, de olho na alta demanda por mão de obra internacional desde o início da pandemia.

Fundada em 2018 por Alex Bouariz e Shuo Wang, dois ex-alunos do MIT, a Deel tinha um objetivo muito claro: desburocratizar a contratação de estrangeiros. “Sabíamos que não precisava ser tão difícil contratar e pagar pessoas no exterior”, pontuou Bouariz.

Deu certo. Hoje, a startup unicórnio — quando o valor de mercado da empresa ultrapassa US$ 1 bilhão — conta com mais de 250 advogados que cuidam de toda a “papelada” trabalhista de cada país em que está presente, além de serem responsáveis pelos modelos de contrato, regimes de trabalho, remuneração, tributos e taxas locais, por exemplo.

Desta forma, as empresas contratantes usam os serviços da Deel para trabalhos CLT, contratações pontuais, por horas trabalhadas e modelos freelancer ou Pessoa Jurídica para trabalhadores estrangeiros. Os custos para os contratantes começam a partir de US$ 49 e quanto mais funcionários cadastrados, mais descontos nas taxas pagas.

Cartão de crédito da Deel
Startup também oferece soluções como antecipação de salário e cartões de crédito digitais e físicos. Foto: Deels/Divulgação

E a boa notícia é que esses serviços agora estão disponíveis para o mercado brasileiro, o que facilita a contratação de mão de obra internacional em tempos de home office.

“Nossa expectativa é que possamos atender essa nova demanda das empresas e auxiliar no processo de ampliar seu potencial competitivo. Queremos estar juntos das empresas; enquanto nós cuidamos de contratos, pagamentos, câmbios, invoices etc., para escalar equipes remotamente, as empresas podem focar no seu core-business e crescimento”, afirmou Cristiano Soares, diretor da Deel no Brasil.

Leia mais:

Em ascensão

A chegada da Deel em território brasileiro reflete o bom momento da companhia. Nos últimos meses, a startup recebeu US$ 206 milhões em aportes de três rodadas de investimento, o que permitiu à empresa um avanço mais agressivo na América Latina.

Além do Brasil, a Deel também está presente no México e na Colômbia, com mais 70 clientes. No âmbito global, a startup atua em 150 países e atende mais de 2.400 empresas.

Apesar do pouco tempo em atividade aqui no Brasil, a companhia já fechou parcerias com mais de 15 empresas. Aliás, Soares aponta como o país pode ser importante para o planejamento da Deel, já que as receitas na região podem chegar a 10% do faturamento total da startup.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

“O Brasil é o maior mercado da América Latina e tem grande potencial para nós por conta da falta de mão de obra qualificada e complexidade dos processos trabalhistas. O trabalho remoto continua crescendo de forma exponencial. Agora as empresas brasileiras podem contar com um suporte global para criar novos mercados, contratar e pagar em qualquer lugar do mundo”, completou o executivo.

Fonte: LABS

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!