Espanha: partidos anunciam indenização para acionistas

Os dois principais partidos políticos da Espanha alcançaram um acordo para permitir que acionistas que perderam dinheiro com ações preferenciais de diversos bancos em dificuldade possam recuperar o que investiram, segundo informaram porta-vozes das duas legendas no Parlamento nesta terça-feira.

Os detalhes do acordo serão anunciados em uma entrevista coletiva à imprensa, afirmou o porta-voz do Partido Popular, que tem a maioria dos assentos no Parlamento. A porta-voz do Partido Socialista disse que seu partido também fará uma coletiva de imprensa separada.

Mais de 700 mil espanhóis depositaram seu dinheiro - em muitos casos, toda a sua poupança - em ações preferenciais de alto retorno e bônus subordinados emitidos por seus bancos na última década. Quando a crise econômica eclodiu na Espanha, os valores dos ativos despencaram, tornando praticamente impossível revendê-los. Muitos clientes reclamam que foram enganados e que os banqueiros garantiram que esses ativos eram tão seguros quanto os depósitos.

Alguns bancos ofereceram aos clientes a opção de trocar ações preferenciais por depósitos ou ações ordinárias, mas a União Europeia, que emprestou dinheiro à Espanha para recapitalizar seus bancos, bloqueou esses acordos, dizendo que eles têm que dividir o fardo com os contribuintes e assumir algumas perdas.

O problema afeta acionistas preferenciais do Bankia, Novaglicia e Catalunya Banc, que poderão se beneficiar da nova medida anunciada pelos partidos. As informações são da Dow Jones.

Carregando...