Mercado fechado

Espanha autoriza extradição de hacker russo solicitada pelos EUA

(Arquivo) A Justiça espanhola autorizou nesta terça-feira (3) a extradição solicitada pelos Estados Unidos de um hacker russo supostamente preso em Barcelona em abril e acusado de ter orquestrado uma ampla rede de roubo de dados pessoais

A Justiça espanhola autorizou nesta terça-feira (3) a extradição solicitada pelos Estados Unidos de um hacker russo supostamente preso em Barcelona em abril e acusado de ter orquestrado uma ampla rede de roubo de dados pessoais.

Jurisdição encarregada de casos complexos, a Audiência Nacional considerou "não relevantes os fundamentos de oposição" ao pedido de extradição de Peter Levachov, decidindo, portanto, acatar o pedido americano.

A defesa de Peter - ou Piotr - Levachov, de 37 anos, considerou que a demanda americana tinha "motivações políticas".

De acordo com seus advogados, o especialista em informática serviu no Exército russo e trabalhou para o partido Rússia Unida, do presidente Vladimir Putin. No decorrer de suas atividades, teve acesso a documentos confidenciais e teme que as autoridades americanas exija esse material.

"Nenhuma das alegações relativas à motivação política (do pedido de extradição) foi aceita", retrucaram os magistrados da Audiência Nacional.

Levachov pode apresentar um recurso no prazo de três dias a contar de sua notificação.

Detido no início de abril no aeroporto de Barcelona, ​foi mantido preso na Espanha. Um júri de acusação de Connecticut (nordeste dos Estados Unidos) apresentou oito acusações, incluindo fraude informática.

Todas as acusações contra ele estão ligadas à rede Kelihos, a qual Levachov é acusado de ter dirigido. A rede era composta por milhares de computadores que ele havia infectado com programas maliciosos. Entre outras ações, esses softwares assumem o controle de computadores sem o conhecimento de seus proprietários, alegou a Procuradoria de Connecticut.

De acordo com a acusação, a rede Kelihos, operacional desde 2010, pode gerar mais de 2.500 spams por dia.