Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.259,75
    -657,98 (-0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.707,72
    +55,53 (+0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    39,78
    -0,86 (-2,12%)
     
  • OURO

    1.903,40
    -1,20 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    12.973,19
    -338,94 (-2,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    260,05
    -1,40 (-0,54%)
     
  • S&P500

    3.465,39
    +11,90 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    28.335,57
    -28,09 (-0,10%)
     
  • FTSE

    5.860,28
    +74,63 (+1,29%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,65 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.516,59
    +42,32 (+0,18%)
     
  • NASDAQ

    11.669,25
    +19,50 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6639
    +0,0538 (+0,81%)
     

Espanha arranca empate no último lance contra Alemanha na Liga das Nações

·3 minutos de leitura
Toni Kroos (E) e Oscar Rodriguez (D) em campo na cidade alemã de Sttutgart, na partida entre as seleções da Alemanha e Espanha, pela Liga das Nações
Toni Kroos (E) e Oscar Rodriguez (D) em campo na cidade alemã de Sttutgart, na partida entre as seleções da Alemanha e Espanha, pela Liga das Nações

A Espanha arrancou um empate por 1 a 1 nos minutos finais contra a Alemanha, na partida que  marcou o início da Liga das Nações e o retorno de Luis Enrique ao cargo de técnico da equipe espanhola.

No jogo válido pelo Grupo 4 da liga A (que reúne as seleções mais fortes)  do torneio continental, disputado na cidade alemã de Sttutgart e sem a presença de público,  Timo Werner acertou um chute cruzado para abrir o placar para os donos da casa aos 51 minutos, enquanto Gayá, de cabeça, igualou para os espanhóis no último minuto dos acréscimos (90 + 6).

- Rodrigo, sem pontaria -

No retorno dos confrontos entre seleções europeias após o intervalo imposto ao futebol pelas medidas de combate à covid-19, Alemanha e Espanha protagonizaram uma partida movimentada e equilibrada, com 10 finalizações para cada equipe.

Sob o comando de Thiago Alcântara, que pouco tempo teve para descansar após a conquista da Liga dos Campeões com o Bayern de Munique, os espanhóis estiveram melhores na primeira etapa.

A prova disso foram os dois lances desperdiçados pelo atacante Rodrigo, recém-transferido do Valência para o Leeds United. No minuto 14, atacante poderia ter inaugurado o placar após aproveitar  um erro do volante Emre Can, mas demorou muito para finalizar, dando tempo para o goleiro adversário se recuperar. Aos 45, deixou de chutar para o gol adversário, quando estava livre, optando por passar a bola para um companheiro.

Nesta etapa, foi possível ver que o goleiro espanhol David De Gea está recuperando sua categoria, após grandes defesas, sendo as principais quando impediu uma finalização do meia alemão Julian Draxler (14) e quando cortou uma bola enviada pelo também meia Leroy Sané (18). 

Ao voltar ao comando da seleção espanhola, Luis Enrique optou por escalar entre os titulares Ferrán Torres, que assinou recentemente com o Manchester City. 

O atacante mostrou desenvoltura, principalmente fazendo jogadas pelas pontas e, na melhor delas, a que deu origem ao gol de empate espanhol.

- Ansu Fati, a joia espanhola -

Na segunda parte Luis Enrique colocou em campo a grande promessa do futebol espanhol, Ansu Fati, de 17 anos, que substituiu Jesús Navas, de 34 anos e campeão mundial em 2010. Outros que estrearam com a camisa da Fúria foram Carlos Merino e Óscar Rodríguez. 

Mas com seis minutos decorridos na etapa complementar, o atacante alemão Timo Werner recebeu na frente da área espanhola, fez uma finta e bateu cruzado, abrindo o placar para os donos da casa. 

Após o gol, a Espanha tomou posse por completo do jogo e o time local se tornou um bloco compacto na defesa, esperando para matar o jogo com alguns contra-ataques. 

O empate poderia ter chegado no chute de Rodrigo, aos 58, que raspou na trave alemã. 

A Alemanha teve uma chance de ampliar três minutos depois, num contra-ataque puxado por Sané que lançou em profundidade para Werner, mas o atacante finalizou acertando a rede pelo lado de fora. 

Na reta final Fati teve duas chances. Na primeira acertou um chute à queima-roupa defendido por Trapp (84) e, já nos acréscimos, marcou um de cabeça, que foi anulado pela arbitragem por falta. 

No último minuto dos acréscimos, Gayá aproveitou um cruzamento de Ferrán Torres e decretou o empate em Sttutgart.

Ao fim da partida, Luis Enrique fez questão de destacar a participação dos estreantes. "Ferrán (Torres) esteve num nível altíssimo. Ansu mostrou o que todos sabemos que é capaz de fazer. Ele é especial e diferente. Mikel Merino está evoluindo, está entre os melhores meias do Campeonato Espanhol, e Óscar (Rodríguez) me agrada, reúne muitas qualidades", concluiu.

- Resultados  das partidas desta quinta-feira da Liga das Nações:

-- Liga A

Grupo 4

Ucrânia - Suíça 2 - 1

Alemanha - Espanha 1 - 1

-- Liga B

Grupo 3

Turquia - Hungria 0 - 1

Rússi - Sérvia 3 - 1

Grupo 4

Finlândia - País de Gales 0 - 1

Bulgária - Irlanda 1 - 1

-- Liga C

Grupo 3

Eslovênia - Grécia 0 - 0

Moldávia - Kosovo 1 - 1

-- Liga D

Grupo 1

Letônia - Andorra 0 - 0

Ilhas Faroe - Malta 3 - 2

cpb/pm/iga