Mercado abrirá em 2 h 26 min
  • BOVESPA

    112.486,01
    +1.576,40 (+1,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.684,86
    +1.510,80 (+3,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,14
    +0,59 (+0,73%)
     
  • OURO

    1.791,50
    +31,60 (+1,80%)
     
  • BTC-USD

    17.099,11
    +233,53 (+1,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,78
    +4,08 (+1,02%)
     
  • S&P500

    4.080,11
    +122,48 (+3,09%)
     
  • DOW JONES

    34.589,77
    +737,24 (+2,18%)
     
  • FTSE

    7.583,00
    +9,95 (+0,13%)
     
  • HANG SENG

    18.736,44
    +139,21 (+0,75%)
     
  • NIKKEI

    28.226,08
    +257,09 (+0,92%)
     
  • NASDAQ

    12.010,25
    -32,00 (-0,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4083
    +0,0118 (+0,22%)
     

'Escolhi a democracia', diz Rachel Sheherazade ao declarar voto em Lula

*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL, 17-12-2013: Televisão: A jornalista Rachel Sheherazade, apresentadora do jornal
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL, 17-12-2013: Televisão: A jornalista Rachel Sheherazade, apresentadora do jornal

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A jornalista Rachel Sheherazade publicou na segunda-feira (26) uma foto manifestando sua intenção de voto no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Na imagem, que não é recente, a ex-apresentadora do SBT aparece usando seus dedos para indicar um enquadramento fotográfico.

Ao resgatar o retrato nesta semana, Sheherazade girou a peça em 90º para que o gesto parecesse um "L", em referência ao nome do petista. "Domingo, você pode votar mais uma vez ou pela última vez. A escolha é sua. Entre a democracia e o autoritarismo, eu escolhi a democracia!", escreveu a jornalista nas redes sociais.

Embora tenha se notabilizado por suas opiniões conservadoras, a ex-âncora do SBT Brasil se apresentou nos últimos anos como crítica de Jair Bolsonaro (PL). "Para mim, nada mudou de 2018 pra cá. Continuo acreditando que o Bozo é o pior dos males. Meu voto foi e será sempre contra ele e em favor do Brasil", afirma a jornalista em publicação em sua conta no Twitter.

Sheherazade foi demitida no final de 2020 do SBT e entrou na Justiça contra a emissora pedindo indenização trabalhista no valor de R$ 20 milhões. Ela, que foi âncora do principal jornal da casa por quase dez anos, acusa o canal e seu dono, Silvio Santos, de assédio, censura e fraude.

A defesa de Sheherazade alega que sua contratação como PJ (pessoa jurídica) visava fraudar a legislação trabalhista, fiscal e previdenciária.

No início deste mês, a Justiça arbitrou o valor total da causa em torno de R$ 4 milhões, envolvendo indenização por danos morais no montante de R$ 500 mil, pagamento de 13º salários, férias, diferenças salariais, participação nos lucros entre outros valores. O SBT diz que vai recorrer.