Mercado fechado

Escassez de magnésio pode parar fabricação de carros em todo o mundo

·2 min de leitura

A indústria automotiva passa por um momento conturbado em todo o mundo devido à crise no fornecimento de semicondutores, materiais importantes para a fabricação de automóveis e seus apetrechos tecnológicos. Entretanto, outra crise se avizinha e pode complicar ainda mais o segmento: a falta de magnésio. O mineral, essencial para a construção das ligas de alumínio, pode ficar em falta na China, principal produtor da matéria-prima.

Segundo informações do Financial Times, a crise energética na China pode interromper a extração de magnésio no país, responsável por 85% de toda a produção global do mineral. "Não há substitutos para o magnésio na produção de chapas e tarugos de alumínio. 35% da demanda é para chapas automotivas, então, se o fornecimento parar, toda a indústria automotiva será potencialmente forçada a parar", disse Amos Fletcher, analista da Barclays.

A extração de magnésio consome muita energia e o governo chinês ordenou que 35 das 50 fábricas de fundição do elemento ficassem fechadas até o final de 2021. As demais plantas, por sua vez, operam com metade da capacidade, o que gera muita preocupação na indústria automotiva global, que deve começar a sentir falta de insumos para a fabricação das chapas de alumínio em breve.

O magnésio é importantíssimo para a indústria automotiva (Imagem: Volkswagen)
O magnésio é importantíssimo para a indústria automotiva (Imagem: Volkswagen)

As ligas de alumínio são utilizadas para a fabricação das rodas de liga-leve, freios, eixos, painéis de carroceria, tanques de combustível, componentes de suspensão, blocos de motores, travessas e até mesmo a plataforma dos carros, hoje essenciais para, além de sustentar os automóveis, gerar muito lucro às empresas, já que as montadoras chegam a usar o mesmo tipo para vários modelos.

O mercado mais dependente do magnésio chinês é a Europa, que tem reservas gerais até o mês de novembro. Então, é possível que, a partir do final de 2021, tenhamos mais uma crise de produção automotiva.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos