Mercado fechará em 1 h 26 min
  • BOVESPA

    108.353,28
    +2.057,10 (+1,94%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.830,09
    -59,57 (-0,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,07
    +0,31 (+0,37%)
     
  • OURO

    1.807,40
    +11,10 (+0,62%)
     
  • BTC-USD

    63.203,35
    +2.710,44 (+4,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.511,87
    +1.269,19 (+522,99%)
     
  • S&P500

    4.569,15
    +24,25 (+0,53%)
     
  • DOW JONES

    35.760,30
    +83,28 (+0,23%)
     
  • FTSE

    7.222,82
    +18,27 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    26.132,03
    +5,10 (+0,02%)
     
  • NIKKEI

    28.600,41
    -204,44 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    15.497,50
    +156,50 (+1,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4518
    -0,1290 (-1,96%)
     

Escócia cria primeira clínica de reabilitação para viciados em bitcoin

·2 minuto de leitura

O vício é um assunto delicado, que exige tratamentos. E foi sob essa premissa que a Escócia criou a primeira clínica de reabilitação para viciados em... bitcoins. Trata-se do Craig Castle, que fica a cerca de 40 quilômetros de Edimburgo, capital do país em questão. Os pacientes vêm dos outros países que compõem o Reino Unido e até mesmo de lugares bem distantes, como EUA, Dubai, Malta, Irlanda e Holanda.

O próprio terapeuta de recuperação no vício de bitcoins do Castle Craig, Tony Marini, é um ex-viciado. Ele acredita que o mercado de criptomoedas é muito semelhante a jogos de azar, e afirma ser o primeiro terapeuta a reconhecer o padrão: a jornada para o vício vai de negociações ocasionais e vitórias frequentes, que alimentam um desejo por dopamina e levam a fantasias de grandes vitórias, até episódios de perda prolongada que resultam em isolamento e podem levar a atos ilegais, desastres e às vezes até suicídio.

O terapeuta explica que, normalmente, as pessoas entram nisso porque querem comprar coisas da dark web. E a única forma de fazer isso é com criptomoedas. Ele ainda relaciona o vício com drogas e álcool.

Desde 2017, o Craig Castle trata pacientes com dependência em criptomoedas. Normalmente, essas pessoas são encaminhadas para a clínica por causa do vício em drogas ou álcool, e o tratamento revela determinadas obsessões comportamentais, e assim se descobre o vício em bitcoins.

(Imagem: leungchopan/envato)
(Imagem: leungchopan/envato)

O tratamento no castelo escocês não é barato, mas a reabilitação de pessoas do Reino Unido normalmente é financiada pelo Serviço Nacional de Saúde Britânico, e dura seis meses. O terapeuta opina que a parte mais preocupante desse mercado é que todas as histórias na mídia são sobre pessoas que ganharam dinheiro: não se ouve histórias de pessoas que perderam muito dinheiro porque elas se sentem envergonhadas.

Para conhecer o Castle Craig, visite o site oficial.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos