Mercado abrirá em 6 h 56 min
  • BOVESPA

    113.812,87
    +105,11 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.729,80
    -4,24 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,98
    -0,52 (-0,57%)
     
  • OURO

    1.769,60
    -1,60 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    22.821,09
    -588,18 (-2,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    542,33
    -15,40 (-2,76%)
     
  • S&P500

    4.283,74
    +9,70 (+0,23%)
     
  • DOW JONES

    33.999,04
    +18,72 (+0,06%)
     
  • FTSE

    7.541,85
    +26,10 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    19.803,21
    +39,30 (+0,20%)
     
  • NIKKEI

    28.920,91
    -21,23 (-0,07%)
     
  • NASDAQ

    13.488,25
    -35,00 (-0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2115
    -0,0023 (-0,04%)
     

ESA apresenta braço robótico que irá coletar amostras de Marte

A futura campanha Mars Sample Return contará com o braço robótico Sample Transfer Arm (STA) para trazer amostras de Marte à Terra. Desenvolvido pela Agência Espacial Europeia, a ideia é que o STA colete os tubos preenchidos com amostras obtidas pelo rover Perseverance, e depois leve-os ao foguete que as trará para nosso planeta por volta de 2033.

O primeiro passo para a coleta e envio de amostras de Marte foi dado com o rover Perseverance, lançado ao Planeta Vermelho para obter e armazenar pequenas quantidades de solo e rochas do nosso vizinho. Futuramente, novas missões serão enviadas para o planeta para dar início ao processo de envio das amostras à Terra.

O Sample Transfer Arm terá papel crucial para o envio de amostras de Marte à Terra (Imagem: Reprodução/Leonardo/Maxon/GMV/ OHB Italia/ SAB Aerospace s.r.o)
O Sample Transfer Arm terá papel crucial para o envio de amostras de Marte à Terra (Imagem: Reprodução/Leonardo/Maxon/GMV/ OHB Italia/ SAB Aerospace s.r.o)

A primeira delas deverá pousar perto da cratera Jezero (o local em que o rover pousou), coletando e levando o material à órbita. É nesta etapa que o braço robótico entra: ele foi projetado para “ver”, “sentir” e tomar decisões autônomas, e poderá identificar e coletar os tubos com as amostras.

Depois que ele fechar o contêiner com elas e levá-lo ao foguete Mars Launch System, o veículo realizará uma manobra para se encontrar com o orbitador europeu Earth Return Orbiter (ERO). Daí em diante, o ERO iniciará viagem levando o material com destino à Terra para estudos detalhados em laboratório, no começo da próxima década.

Ainda não se sabe exatamente se, de fato, houve vida em Marte — e talvez as análises das amostras com os instrumentos e técnicas sofisticados sejam o único jeito de descobrir. Além disso, conforme novos equipamentos são desenvolvidos e levam os cientistas a novas descobertas, mais informações podem ser extraídas das amostras.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos