Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,74 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,46
    +3,31 (+4,86%)
     
  • OURO

    1.792,80
    +4,70 (+0,26%)
     
  • BTC-USD

    57.213,01
    +2.571,81 (+4,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.429,20
    -26,21 (-1,80%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,06 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,68 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.470,63
    -280,99 (-0,98%)
     
  • NASDAQ

    16.216,50
    +165,50 (+1,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3050
    -0,0435 (-0,69%)
     

Equipes de alta performance fofocam e saem pra beber, aponta pesquisa

·3 min de leitura
A seminar holding a seminar together between some of the team leader while working in a modern office space.
A seminar holding a seminar together between some of the team leader while working in a modern office space.
  • Pesquisa mostra que equipes de melhor performance são íntimas e tem relacionamentos fortes

  • Equipes de alto desempenho não tem apenas amizades, mas relacionamentos autênticos

  • Pesquisa foi desenvolvida pela empresa de softwares Frost com 1.100 profissionais dos EUA

Existe algo em comum por trás das equipes de trabalho que entregam mais e melhores resultados nas empresas? Para uma pesquisa desenvolvida pela rede de softwares Frost, sim. Segundo essa pesquisa, feita com 1.100 profissionais dos Estados Unidos em julho deste ano, alto desempenho está diretamente ligado a intimidade, amizade e confiança entre os colegas de trabalho, em pesquisa relatada na revista Exame.

De acordo com o pesquisador Ron Friedman, que é psicólogo social e especialista em economia comportamental, e que participou da pesquisa, esta sugere que as equipes de alto desempenho não têm apenas amizades íntimas, mas também relacionamentos autênticos.

“Eles compartilham emoções positivas e negativas; eles são colaborativos, mas também competitivos; eles trabalham duro, mas arrumam tempo para fofocar, criar laços sobre assuntos não relacionados ao trabalho e até mesmo discutir livros. A criação de um local de trabalho de alto desempenho, portanto, exige mais do que simplesmente contratar as pessoas certas ou construir uma cultura de local de trabalho forte. Requer a criação de oportunidades para o desenvolvimento de relacionamentos genuínos e autênticos”, destaca o pesquisador em texto sobre os resultados da pequisa no site Page Front.

Leia também:

O principal padrão de comunicação demonstrado na pesquisa foi que equipes de alta performance se comunicam com frequência e de forma aberta. As equipes mais comunicativas tiveram 10 ligações em média, enquanto outras tiveram 6; As mais comunicativas enviaram 19 e-mails em média por dia, enquanto outras enviaram 11; e por fim, 3 mensagens por dia no software de tarefas, enquanto outras relatavam apenas uma ao dia.

As equipes mais comunicativas também demonstraram emoções positivas sobre seu ambiente de trabalho: 82% das mais comunicativas frequentemente elogiam seus colegas de equipe, enquanto 71% em outras equipes; 54% sempre brincam com seus colegas de time, enquanto em outras equipes o dado é de 38%; 41% provocam seus colegas de equipe, em comparação aos 28% de outros times; e até 60% dos mais comunicativos usam emojis, enquanto 45% de outras equipes os utilizam. 

Mas nem tudo são flores no ambiente de trabalho, e a pesquisa demonstrou que feedbacks negativos também existem. Entre os mais comunicativos, 46% costumam usar sarcasmo ao se comunicar entre si, em comparação com 36% das outras equipes; 35% dos mais comunicativos reclamam uns com os outros, enquanto em outras equipes o dado é de 27%; 38% usam palavrões entre si, enquanto em outras equipes menos comunicativas, apenas 27%.

Por fim, em outra parte da pesquisa, se detectou que os times de pessoas mais comunicativas tendem a sair mais juntas: 35% das equipes mais comunicativas tomaram café ou chá juntos, contra apenas 24% das outras equipes; 24% tomaram bebidas alcoólicas juntos, enquanto apenas 15% das outras equipes fizeram o mesmo; 23% dos times mais comunicativos discutiram livros juntos, enquanto nas outras equipes o dado é de 15%.

Com esses comportamentos, a pesquisa mostra que times de alto desempenho constroem amizades em que as pessoas têm mais chances de ver os colegas como gentis e confiáveis. A pesquisa abrangeu uma faixa etária de 18 a 55 anos, em mais de 15 setores, em empresas de todos os tipos. Os entrevistados responderam 48 perguntas de múltipla escolha sobre uma variedade de tópicos do local de trabalho.

Para identificar membros de equipes de alto desempenho, foi pedido primeiro que os entrevistados avaliassem a eficácia de sua equipe e depois, comparassem o desempenho de sua equipe com o de outras equipes em seu setor. Os trabalhadores que pontuaram suas equipes com nota 10 de 10 em ambos os itens foram designados membros de equipes de alto desempenho.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos