Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.132,53
    +346,23 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.200,59
    -535,89 (-1,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,85
    +0,14 (+0,31%)
     
  • OURO

    1.807,60
    +2,10 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    18.720,75
    -320,08 (-1,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    368,46
    -2,05 (-0,55%)
     
  • S&P500

    3.629,65
    -5,76 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    29.872,47
    -173,77 (-0,58%)
     
  • FTSE

    6.391,09
    -41,08 (-0,64%)
     
  • HANG SENG

    26.669,75
    +81,55 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    26.296,86
    +131,27 (+0,50%)
     
  • NASDAQ

    12.173,75
    +21,50 (+0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3382
    -0,0587 (-0,92%)
     

Equinor fecha contratos de US$455 mi para campo de Bacalhau, no Brasil

Por Luciano Costa
·1 minuto de leitura
.
.

Por Luciano Costa

(Reuters) - A petroleira norueguesa Equinor <EQNR.OL> assinou contratos com Baker Hughes, Halliburton e Schlumberger para serviços de perfuração e poços em seu campo de Bacalhau, no Brasil.

O valor total dos três contratos para o campo, no qual a empresa tem a norte-americana ExxonMobil e a portuguesa Petrogal como sócias, é estimado em 455 milhões de dólares, disse a Equinor em nota nesta terça-feira.

O acordo com a Baker Huges compreende atividades de perfuração e completação, enquanto a Halliburton fornecerá serviços de intervenção e suspensor de linha e a Schlumberger entregará serviços de cabos.

Os contratos consideram um compromisso de conteúdo local estimado de 74%, acrescentou a Equinor, que destacou que o Brasil é "uma área-chave" para a empresa.

O projeto de Bacalhau está em fase de maturação e deverá ter uma decisão final de investimento em 2021, disse a empresa.