Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.451,20
    +74,85 (+0,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.442,21
    +436,10 (+0,97%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,76
    -0,39 (-0,47%)
     
  • OURO

    1.666,30
    -3,70 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    19.539,04
    +414,05 (+2,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    447,10
    +18,32 (+4,27%)
     
  • S&P500

    3.719,04
    +71,75 (+1,97%)
     
  • DOW JONES

    29.683,74
    +548,75 (+1,88%)
     
  • FTSE

    7.005,39
    +20,80 (+0,30%)
     
  • HANG SENG

    17.250,88
    -609,43 (-3,41%)
     
  • NIKKEI

    26.173,98
    -397,89 (-1,50%)
     
  • NASDAQ

    11.537,25
    -18,50 (-0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2269
    -0,0057 (-0,11%)
     

Equatorial tem prejuízo de R$170 mi com itens não recorrentes e piora financeira

Torres de linha de transmissão de energia

SÃO PAULO (Reuters) - A Equatorial Energia teve um prejuízo líquido de 170 milhões de reais no segundo trimestre deste ano, revertendo o lucro de 510 milhões de reais registrado um ano antes, segundo resultados divulgados na noite de quarta-feira.

A última linha do balanço foi impactada por itens não recorrentes, como a devolução integral de créditos tributários de PIS/Cofins, e pela piora do resultado financeiro líquido.

A elétrica teve uma despesa financeira líquida de 1,1 bilhão de reais no trimestre, ante 308 milhões negativos no ano anterior, em função da maior taxa média e maior volume de dívida contratada, além da consolidação de novos ativos.

Já o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da companhia elétrica alcançou 1,65 bilhão de reais, aumento de 27,8% no comparativo anual.

O indicador foi impulsionado principalmente pelo efeito positivo da consolidação dos novos ativos, com destaque para a geradora de energia renovável Echoenergia. Outro destaque foi o crescimento dos ativos de distribuição, em especial Equatorial Pará, disse a companhia.

A receita líquida operacional da elétrica, por sua vez, atingiu 6,49 bilhões de reais, alta de 52,0%.

A dívida líquida consolidada da Equatorial somava 22,9 bilhões de reais ao final do segundo trimestre, implicando numa relação dívida líquida sobre Ebitda de 3,4 vezes.

(Por Letícia Fucuchima)