Mercado fechará em 2 h 20 min
  • BOVESPA

    111.098,94
    +426,18 (+0,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.415,21
    +12,51 (+0,02%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,63
    +0,67 (+0,81%)
     
  • OURO

    1.785,90
    +15,40 (+0,87%)
     
  • BTC-USD

    66.426,15
    +3.807,52 (+6,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.547,05
    +66,24 (+4,47%)
     
  • S&P500

    4.538,72
    +19,09 (+0,42%)
     
  • DOW JONES

    35.667,00
    +209,69 (+0,59%)
     
  • FTSE

    7.223,10
    +5,57 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    26.136,02
    +348,81 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.391,00
    -7,50 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4672
    -0,0290 (-0,45%)
     

Epcot, o parque da Disney World, na verdade significa “Experimental Prototype Community of Tomorrow”

·2 minuto de leitura

Desde sua inauguração, o Epcot atrai milhões de turistas. Sua famosa esfera geodésica, a Spaceship Earth, por si já é uma grande atração, mas o parque também reúne diversas culturas e costumes em um único lugar.

No entanto, o que os visitantes do Epcot – que está comemorando seu 50º aniversário – encontram não é exatamente o que Walt Disney idealizou.

Em 1966, Disney anunciou a construção do parque, que é um acrônimo para “Experimental Prototype Community of Tomorrow” (Comunidade Protótipo Experimental do Amanhã). Não se tratava apenas de um parque temático, mas, como explicou o próprio Walt Disney, seria “a criação de um projeto vivo para o futuro”, diferente de “qualquer outro lugar no mundo” – uma cidade inteiramente nova construída do zero.

Walt Disney morreu no fim daquele ano e sua mais nova criação foi reduzida e, por fim, completamente destruída. Porém, quando estava escrevendo meu livro sobre o ideal urbano nos EUA, essa comunidade planejada me chamou bastante atenção.

Desde a chegada dos primeiros colonos, americanos experimentam várias formas de assentamentos. Imaginar novos tipos de lugares para morar é uma tradição americana, e a Disney foi particularmente uma grande expoente.

CIDADE DO FUTURO

Um documentário de 25 minutos produzido pela Walt Disney Enterprises continua a ser o melhor exemplo da visão de Walt.

Nele, Disney – de maneira gentil e pausada, como se falasse para um grupo de crianças – detalhou o que seria construído nos 27.400 acres (pouco mais de 111 mil metros quadrados) de um terreno no centro da Flórida que ele havia adquirido.

Com a mesma retórica dos pioneiros americanos, ele percebeu como a abundância de terras era a peça-chave. Ali, ele poderia pôr em prática tudo o que não pôde fazer na Disneylândia, seu primeiro parque temático em Anaheim, na Califórnia, inaugurado em 1955, e que desde então tem sido afetado pelo rápido crescimento urbano. Ele orgulhosamente revela que o terreno no qual a Disney World seria construída tinha o dobro do tamanho da ilha de Manhattan e era cinco vezes maior do que o Magic Kingdom da Disneyland.

O post Epcot, o parque da Disney World, na verdade significa “Experimental Prototype Community of Tomorrow” apareceu primeiro em Fast Company Brasil | O Futuro dos Negócios.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos