Mercado fechará em 4 h 24 min
  • BOVESPA

    125.095,49
    -1.051,16 (-0,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.254,93
    +14,42 (+0,03%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,71
    -0,20 (-0,28%)
     
  • OURO

    1.800,70
    -4,70 (-0,26%)
     
  • BTC-USD

    32.402,22
    +109,72 (+0,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    787,07
    -6,67 (-0,84%)
     
  • S&P500

    4.405,34
    +37,86 (+0,87%)
     
  • DOW JONES

    35.062,57
    +239,22 (+0,69%)
     
  • FTSE

    7.025,18
    +56,88 (+0,82%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.047,25
    +118,75 (+0,80%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0878
    -0,0324 (-0,53%)
     

Entrevista: como é vender apartamento via NFT, segundo o fundador do TechCrunch

·6 minuto de leitura
Entrevista: como é vender apartamento via NFT, segundo o fundador do TechCrunch

O BeinCrypto entrevistou o fundador do TechCrunch, Michael Arrington, e a CEO da Propy, Natalia Karayaneva, sobre seu mais recente empreendimento – vender o apartamento de Arrington como um token não-fungível (NFT).

Os NFTs tiveram grande adoção em 2021, mas são em sua maioria atrelados ao mundo da arte digital. Esse mercado tem sido bem-sucedido, mas também levantou questões sobre outras aplicações do uso desses tokens para o mundo real.

Alguns especularam maneiras nas quais a propriedade inerente aos NFTs pode ser aplicada a vários espaços. No entanto, muito disso aconteceu online, com um grande foco no uso desses ativos para fornecer propriedade a produtos virtuais. Isso inclui itens como roupas ou armas para jogos virtuais.

Agora, Karayaneva e Arrington estão fornecendo uma resposta do mundo real, com o primeiro NFT imobiliário.

O apartamento de Arrington em Kiev está prestes a ser vendido como um NFT em um leilão. A partir de US$ 20.000, a coleção inclui acesso à papelada transferida da propriedade, a foto do apartamento e uma obra de arte digital exclusiva em NFT do artista de Kiev, Chizz.

O imóvel não é um apartamento comum. Arrington comprou a propriedade como parte da primeira venda imobiliária baseada em blockchain em 2017, pela Propy.

Como fazer o NFT de uma propriedade

Descobrir como transformar um imóvel em um NFT foi o desafio enfrentado pela Propy e Arrington durante o processo. Embora possa parecer que os títulos de propriedade podem ser tokenizados, esse não é o caso.

Em vez disso, a solução encontrada foi fazer com que a propriedade detivesse o título de uma pessoa jurídica, uma LLC ou um trust. A partir daí, a empresa de Karayaneva ajudou a preparar a papelada para a criação do NFT.

“Vamos enviar a papelada para a plataforma de transação da Propy, o proprietário vai assinar esta papelada e esta papelada vai se torrnar o NFT da propriedade ’”, explica ela.

Um vez concluída, a propriedade só pode ser transferida como um NFT. Karmanyeva explica,

“A única maneira de o proprietário transferir a propriedade no futuro será apenas através de um  NFT, não sendo possível vendê-la tradicionalmente ou apenas colocar outros proprietários na papelada LLC. Mas o principal é que, uma vez que assinem esta papelada em nossa plataforma de transação de propriedade, esta casa própria viverá na rede on-chain no nível NFT, é tudo digital e foi exclusivamente feito nesse formato. ”

Ter a propriedade como uma LLC é uma mudança importante nas vendas de propriedade.

“Esta é uma mudança fundamental que estamos fazendo no setor imobiliário, onde separamos a propriedade da cidade. Assim que a cidade tiver o registro da LLC, todas as negociações futuras serão feitas por meio de propriedade, mudando os proprietários da LLC ”, diz Karanyeva.

“Portanto, não o vendemos de LLC para outra LLC, mas sim mudamos os proprietários desta LLC. Portanto, somos totalmente independentes dos registros da cidade e do título de propriedade. ”

“A transferência é feita totalmente usando dados via blockchain, o que significa que é imutável. É inalcançável e assim será por diante. ”

Construindo um novo conceito

Para Arrington e Karanyeva, este primeiro leilão será um novo conceito. É um teste inicial para ver se todas as questões legais foram resolvidas e se é um método viável de transferência.

“Acho que esta primeira prova de conceito pode mudar absolutamente o paradigma da casa própria. E agora, estamos criando uma nova maneira de transacionar residências nos Estados Unidos ”, diz Karanyeva.

Apesar de estar na Ucrânia, o imóvel é propriedade de uma entidade norte-americana – a Arrignton’s LLC. Isso significa que o arcabouço jurídico no qual a venda opera é dos Estados Unidos. Como afirma Karanyeva:

“Assim que fizermos esta prova de conceito, e ela for bem-sucedida, significa que estamos prontos com uma estrutura legal para qualquer propriedade com sede nos Estados Unidos.”

“Os advogados estão inventando uma nova lei aqui. E então temos que ver como isso se desenrola. E é por isso que esta é uma prova de conceito sobre a legalidade da transferência ”, diz Arrington.

Adoção em larga escala

Quando se trata de NFTs e imóveis, há uma preocupação sobre o quão prática pode ser a adoção em grande escala. A propriedade imobiliária é notória por ser um sinal de riqueza, com os preços dos imóveis atingindo níveis incríveis em todo o mundo.

Além disso, embora os NFTs não sejam exclusivamente caros, as vendas de grandes obras estão na casa dos milhões. O NFT mais caro já vendido continua a ser a arte de Beeple, vendida por US$ 69 milhões. Este preço poderia facilmente comprar algumas propriedades de luxo ao redor do mundo.

Portanto, as duas áreas oferecendo a possibilidade de grandes despesas, levanta-se questionamentos sobre como poderia ser feito a adoção geral deste setor.

De acordo com Arrington, isso é possível, mas com algumas ressalvas. Ele explica:

“Quero dizer, se este processo correr bem, e a transferência ocorrer, e o governo não entrar e atrapalhar – o que estamos bastante confiantes do que vai acontecer – então tudo bem, há precedente para que isso seja feito em escala, e há propriedades dispostas e capazes de fazer isso. ”

Ele também vê isso como uma porta de entrada para ainda mais casos de uso dentro do setor DeFi. Isso incluiria outras ferramentas financeiras, como empréstimos garantidos e hipotecas peer-to-peer.

Junto com as legalidades, Karayaneva considera fundamental a educação em torno desse novo processo de transferência.

“Acho que, eventualmente, esta é a oportunidade. Há muito trabalho a ser feito na área de educação e conscientização do setor imobiliário. ”

“Nos últimos dois anos, investimos muito na conscientização dos participantes da indústria tradicional, para que eles adotassem esse novo conceito”, diz ela.

“Temos um enorme interesse dos agentes imobiliários em aprender alguns itens sobre como transferir imóveis quando o pagamento é feito em criptomoeda.”

Futuras propriedades dos EUA em NFT

Após este primeiro leilão, Karayaneva diz que há planos para outros, mas da próxima vez nos EUA. A Propy tem cerca de 30 propriedades que se candidataram à serem vendidas como NFTs.

No entanto, isso depende da demanda, que por sua vez requer um aumento na sua compreensão e aceitação.

“Acreditamos que iremos educar corretores de imóveis e agentes imobiliários para começar a recomendar a compradores e vendedores a aquisição de propriedades através de LLCs. E quando eles começarem a adquiri-los e vendê-los, será a conexão mais simples para o mercado de NFT ”, diz ela.

“Acho que eles estarão dispostos a fazer isso por meio de NFT / LLCs. Portanto, pode se tornar uma norma nos Estados Unidos vender e adquirir imóveis neste formato. ”

O artigo Entrevista: como é vender apartamento via NFT, segundo o fundador do TechCrunch foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos