Mercado abrirá em 9 h 18 min

Entre paulistanos, 54% aprovam gestão de Covas durante a pandemia do coronavírus

Anita Efraim
·2 minutos de leitura
Bruno Covas, (PSDB) Mayor of São Paulo, during a press conference on measures to combat the Coronavirus, (COVID-19) on Sept. 18, 2020 at the Palácio dos Bandeirantes in Sao Paulo, Brazil. During the press conference, Governor Joao Doria confirmed that the plan for optional resumption of staggered face-to-face classes is maintained for October 7 for high school students and Youth and Adult Education (EJA) of the state network. (Photo: Roberto Casimiro/Fotoarena/Sipa USA)(Sipa via AP Images)
Prefeito Bruno Covas é candidato à reeleição (Foto: Roberto Casimiro/Fotoarena/Sipa USA/AP Images)

Mais da metade dos moradores da cidade de São Paulo aprovam a atuação do prefeito Bruno Covas (PSDB) no combate à pandemia do novo coronavírus. É o que mostra uma pesquisa do Ibope, feita em parceria com o Estadão e a Associação Comercial de São Paulo.

O levantamento mostra que 54% dos paulistanos aprovam o desempenho de Covas durante a crise sanitária, enquanto 40% reprovam a atuação do tucano.

Foram ouvidos 1.001 eleitores na cidade de São Paulo entre os dias 15 e 17 de setembro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Em relação ao governo Covas como um todo, o índice de ótimo e bom subiu de 20% para 28%, enquanto o de ruim ou péssimo caiu de 32% para 28%. O tucano é candidato à reeleição na capital paulista.

Leia também

A avaliação do governo João Doria, feita pelos moradores da capital, também melhorou. As impressões negativas da gestão estadual caíram de 44% para 39%, quanto as positivas subiram de 17% para 23%.

Já em relação ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), 47% dos paulistanos avaliam o governo como ruim ou péssimo; 27% avaliam como bom ou ótimo e 24% como regular.

Os governos Doria e Bolsonaro não foram avaliados do ponto de vista da pandemia, mas de forma geral.