Mercado fechará em 1 h 44 min
  • BOVESPA

    110.702,07
    +1.858,33 (+1,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.846,79
    +289,14 (+0,57%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,43
    +0,14 (+0,20%)
     
  • OURO

    1.776,70
    +12,90 (+0,73%)
     
  • BTC-USD

    42.266,28
    -1.667,77 (-3,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.051,14
    -12,71 (-1,19%)
     
  • S&P500

    4.361,40
    +3,67 (+0,08%)
     
  • DOW JONES

    34.000,52
    +30,05 (+0,09%)
     
  • FTSE

    6.980,98
    +77,07 (+1,12%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.839,71
    -660,34 (-2,17%)
     
  • NASDAQ

    15.044,25
    +34,75 (+0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1882
    -0,0565 (-0,90%)
     

Entidades de formação de jovens preparam reação contra minirreforma trabalhista

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  13-07-2021 - Paulo Guedes. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 13-07-2021 - Paulo Guedes. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Entidades de formação de jovens preparam reação contra a minirreforma trabalhista que pegou carona na MP (medida provisória) criada em abril para liberar mais uma rodada de redução de salário e jornada.

O Ciee (Centro de Integração Empresa-Escola) diz que se uniu a outras entidades, como a Febraeda (Federação Brasileira de Associações Socioeducacionais de Adolescentes) e a Espro (Associação de Ensino Social Profissionalizante) para fazer uma nota contra as propostas, e o grupo está conversando com parlamentares antes da votação da medida provisória, que entrou na pauta da Câmara desta quarta-feira (3)​.

Antes do recesso parlamentar, o relator Christiano Aureo (PP-RJ) incluiu no texto a minirreforma com dois programas trabalhistas, o Priore (Programa Primeira Oportunidade e Reinserção no Emprego) e o Requip (regime de qualificação), voltados para pessoas entre 18 e 29 anos, ou desempregadas há mais de dois anos, ou beneficiários de programas federais de transferência de renda.

Na avaliação de Humberto Casagrande, presidente do Ciee , os programas podem aumentar a evasão escolar porque não estabelecem ligações com as instituições de ensino. Ele afirma que as medidas também não atendem às necessidades das empresas.

O Priore reduz o recolhimento de FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) dos empregados nesse modelo de contrato. Para Casagrande, a medida pode trazer insegurança jurídica para as companhias porque os profissionais podem querer reivindicar o pagamento na Justiça.

"É uma precarização da CLT. E existe ainda o problema da segregação desses jovens, que são negativamente qualificados", diz Casagrande.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos