Mercado abrirá em 7 h 29 min

Entenda como funcionava o narcosubmarino que levava 100 milhões de euros em cocaína

Submarino é rebocado pela polícia da Espanha (AFP)

O narcosubmarino interceptado neste fim de semana na Espanha levava a bordo cerca de três toneladas de cocaína, no valor de 100 milhões de euros (110 milhões de dólares), “uma operação histórica” e inédita na Europa, afirmou o governo espanhol nesta quarta-feira.

A polícia interceptou o submarino no sábado nas costas da região da Galícia, noroeste do país.

Leia também

Com a ajuda de mergulhadores, os agentes levaram três dias para transportar o dispositivo e levá-lo para um porto próximo, o de Aldéan, não muito longe da cidade de Vigo.

A contagem dos 152 pacotes de droga levou tempo e, nesta quarta-feira, o delegado do governo na região, Javier Losada de Azpiazu, anunciou que estavam a bordo aproximadamente 3.000 quilos de cocaína, com um preço de mercado de “100 milhões de euros”.

“É uma operação histórica, que marcará um antes e depois”, afirmou Losada.

A origem da droga é desconhecida e a investigação continua.

Uma fonte próxima à investigação havia dito anteriormente à AFP que a carga vinha da América do Sul, mas não especificou o país.

Da AFP