Mercado fechará em 36 mins
  • BOVESPA

    98.190,83
    -417,93 (-0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.336,35
    -700,03 (-1,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    99,86
    -8,57 (-7,90%)
     
  • OURO

    1.767,00
    -34,50 (-1,92%)
     
  • BTC-USD

    20.175,04
    +370,48 (+1,87%)
     
  • CMC Crypto 200

    435,90
    -4,12 (-0,94%)
     
  • S&P500

    3.820,68
    -4,65 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    30.893,25
    -204,01 (-0,66%)
     
  • FTSE

    7.025,47
    -207,18 (-2,86%)
     
  • HANG SENG

    21.853,07
    +22,72 (+0,10%)
     
  • NIKKEI

    26.423,47
    +269,66 (+1,03%)
     
  • NASDAQ

    11.768,00
    +156,75 (+1,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5289
    -0,0251 (-0,45%)
     

Entenda como funcionam os mísseis hipersônicos da Rússia

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Crise na Ucrânia: Mísseis hipersônicos da Rússia conseguiriam atingir o Pentágono em poucos minutos. Foto: Reprodução da internet.
Crise na Ucrânia: Mísseis hipersônicos da Rússia conseguiriam atingir o Pentágono em poucos minutos. Foto: Reprodução da internet.
  • Os mísseis hipersônicos estão sendo desenvolvidos pelos Estados Unidos, China, Rússia, Coreia do Norte, entre outros;

  • A energia cinética dessas armas no momento do impacto é similar à força de três a quatro toneladas de TNT;

  • As armas hipersônicas voam a mais de cinco vezes a velocidade do som.

O míssil hipersônico é um tipo de arma revolucionária com a capacidade sem precedentes de atingir quase qualquer alvo no mundo em questão de minutos. O projétil é capaz de viajar a mais de 15 vezes a velocidade do som.

Essas armas chegam a alvos direcionados em um flash ofuscante e destrutivo, antes mesmo de qualquer estrondo sônico ou qualquer outro aviso significativo.

No campo de batalha moderna, essas características, de rapidez, eficácia e precisão são raras e muito almejadas.

Quem produz os mísseis hipersônicos?

Atualmente, os mísseis estão sendo desenvolvidos pelos Estados Unidos, China, Rússia, Coreia do Norte, entre outros países.

Nos EUA, por exemplo, a arma já foi chamada de “tecnologia de mudança de jogo” pelos legisladores que apoiam um aumento significativo de gastos federais na sua produção.

A França e a Índia têm programas ativos de desenvolvimento de hipersônicos, enquanto Austrália, Japão e União Europeia também pesquisam sobre versões civis e militares.

As informações são de um relatório de 2017 da Rand Corp., uma organização de pesquisa apartidária e sem fins lucrativos.

Nova corrida armamentista?

O desenvolvimento de hipersônicos se movimenta rápido demais para permitir qualquer discussão real sobre seus potenciais perigos.

Como efeito, a corrida para desenvolver os mísseis acabou levando Estados Unidos, Rússia e China para uma nova corrida armamentista. Afinal, mísseis hipersônicos podem, em teoria, carregar ogivas nucleares.

Cada míssil tem um comprimento entre 1,5 e 3 metros e pesa cerca de 500 libras, sendo envolto em materiais de cerâmica, bem como compósitos de fibra de carbono ou superligas de níquel-cromo.

A energia cinética dessas armas no momento do impacto é de ao menos 1.150 milhas por hora, tornando-as tão poderosas que poderiam penetrar qualquer material de construção ou blindagem com força de três a quatro toneladas de TNT.

Qual é a velocidade do míssil hipersônico?

Um objeto atravessando o ar produz uma onda de choque audível, ou estrondo sônico, ao atingir cerca de 1.200 quilômetros por hora. Essa velocidade do som é denominada Mach 1.

Quando um projétil voa mais rápido que esse valor, está viajando em uma velocidade mais rápida que a do som, ou seja, Mach 2, quando passa a ser chamada de supersônica: duas vezes a velocidade do som.

O Mach 3 é três vezes a velocidade do som, e daí em diante pode-se chegar a velocidades superiores ao Mach 5, quando se diz que o projétil viaja em velocidade hipersônica.

As informações são do The New York Times.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos