Mercado fechará em 2 h 24 min
  • BOVESPA

    101.293,91
    +34,16 (+0,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.382,50
    -325,22 (-0,84%)
     
  • PETROLEO CRU

    38,60
    -1,25 (-3,14%)
     
  • OURO

    1.907,60
    +2,40 (+0,13%)
     
  • BTC-USD

    12.936,76
    -213,26 (-1,62%)
     
  • CMC Crypto 200

    258,30
    -5,12 (-1,94%)
     
  • S&P500

    3.385,64
    -79,75 (-2,30%)
     
  • DOW JONES

    27.523,69
    -811,88 (-2,87%)
     
  • FTSE

    5.803,92
    -56,36 (-0,96%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,68 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.494,34
    -22,25 (-0,09%)
     
  • NASDAQ

    11.487,75
    -175,75 (-1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6488
    -0,0151 (-0,23%)
     

'Enquanto não vierem com solução melhor, prefiro esse imposto de merda', diz Guedes sobre nova CPMF

FÁBIO PUPO
·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  02-10-2020 - O ministro da Economia Paulo Guedes. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 02-10-2020 - O ministro da Economia Paulo Guedes. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro Paulo Guedes (Economia) confirmou nesta sexta-feira (16) que não abandonou a ideia de criar um imposto sobre transações. Ele disse que, enquanto não houver solução para desonerar a folha, prefere "esse imposto de merda".

"Temos que desonerar o custo do trabalho. Enquanto as pessoas não vierem com uma solução melhor, eu prefiro esse imposto de merda", afirmou em evento virtual promovido pela XP.

A declaração é dada um dia depois de o ministro dizer que poderia desistir da ideia. Mas, conforme mostrou a Folha, a ideia continua viva nos planos do ministro e da equipe econômica.

Segundo ele, só está sendo planejado esse imposto para substituir aqueles aplicados sobre os salários que as empresas pagam a empregados.

"Por que você acha que estamos pensando nessa coisa de merda? Você acha que liberais gostam de criar impostos? De maneira alguma. Só tem uma maneira razoável de pensar, é porque existe um pior funcionando hoje", disse.