Mercado fechado
  • BOVESPA

    118.328,99
    -1.317,01 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.810,21
    -315,49 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,04
    -0,09 (-0,17%)
     
  • OURO

    1.870,20
    +4,30 (+0,23%)
     
  • BTC-USD

    31.366,87
    -3.584,81 (-10,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    608,80
    -71,11 (-10,46%)
     
  • S&P500

    3.853,07
    +1,22 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    31.176,01
    -12,39 (-0,04%)
     
  • FTSE

    6.715,42
    -24,97 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    29.927,76
    -34,74 (-0,12%)
     
  • NIKKEI

    28.756,86
    +233,56 (+0,82%)
     
  • NASDAQ

    13.389,00
    -6,50 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5084
    +0,1004 (+1,57%)
     

Engie pretende exercer direito de preferência na compra de fatia na TAG

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Engie pretende exercer direito de preferência de compra da fatia remanescente de 10% da Petrobras na Transportadora Associada de Gás (TAG), empresa de gasodutos que foi arrematada este ano por consórcio liderado pela francesa, disse nesta terça-feira Maurício Bähr, diretor-presidente Engie Brasil Energia.

Segundo ele, esse tema deve ser discutido já no primeiro semestre do ano que vem.

"Isso vai chegar na mesa em breve e a gente tem direito de preferência. Nosso desejo é exercer o direito de preferência, e acho que já no ano que vem... acredito que no primeiro semestre", disse ele a jornalistas, após participar de evento no Rio de Janeiro.

A Engie e o fundo canadense Caisse de Dépôt et Placement du Québec (CDPQ) pagaram cerca de 33,5 bilhões de reais para a Petrobras por 90% da TAG.

Segundo ele, a Engie teria direito de preferência para comprar de 65% a 70% da fatia restante da Petrobras na TAG.

(Por Rodrigo Viga Gaier)