Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.745,18
    -166,71 (-0,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Engie Brasil inicia operação comercial em Gralha Azul com 18 meses de antecedência

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A elétrica Engie Brasil Energia informou nesta segunda-feira que recebeu autorização do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) para iniciar a operação comercial de linhas de transmissão do sistema Gralha Azul, localizado no Estado do Paraná.

Segundo a companhia, controlada pela francesa Engie, a autorização abrange as linhas 230kV de Ponta Grossa-São Mateus do Sul e Ponta Grossa-Ponta Grossa Sul. A entrada em operação das duas linhas foi antecipada em 18 meses frente ao calendário da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

"O início da operação comercial de Gralha Azul, primeiro sistema de transmissão construído pela companhia, em meio à pandemia da Covid-19, reforça a capacidade de execução do nosso time", disse em nota o diretor-presidente da Engie Brasil Energia, Eduardo Sattamini.

"(Também) materializa a entrada da Engie Brasil Energia em uma nova linha de negócios no Brasil e confirma nossa posição como uma plataforma de investimentos em infraestrutura de energia", acrescentou o executivo.

A Engie espera que a finalização da implantação da totalidade do sistema de transmissão Gralha Azul ocorra ainda em 2021. O projeto prevê a construção de cerca de mil quilômetros de extensão em linhas, bem como a instalação de cinco novas subestações e a ampliação de outras cinco já existentes.

(Por Gabriel Araujo)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos