Mercado fechado

Engavetamento prensa van e mata quatro pessoas na Raposo Tavares

Arquivo pessoal

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Acidente envolvendo pelo menos 16 veículos foi registrado em Sorocaba (SP).

  • Segundo o Corpo de Bombeiros, além das quatro mortes, 47 pessoas ficaram feridas.

Uma van foi prensada e quatro pessoas morreram em um engavetamento envolvendo 16 veículos na altura do quilômetro 98 da Rodovia Raposo Tavares, em Sorocaba (SP), nessa sexta-feira (13).

De acordo com o portal G1, o acidente ocorreu por volta das 5h e fez com que a pista expressa ficasse interditada, e o tráfego, desviado para a pista marginal. A pista foi totalmente liberada apenas às 14h30.

Duas pessoas que morreram estavam na van que ficou prensada. Outras duas vítimas eram motoristas de caminhões envolvidos no acidente.

Leia também

O Corpo de Bombeiros informou que, além das quatro mortes, 47 pessoas ficaram feridas, 45 delas em estado leve e duas em estado grave. Há, entre os feridos, quatro pessoas, três homens e uma mulher, que foram levadas para o Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS).

Ainda conforme os bombeiros, tudo começou na madrugada, quando um veículo, por motivos ainda desconhecidos, diminuiu a velocidade na rodovia. No local do acidente há um radar limitando a velocidade máxima a 90 km/h, porém, em todo o trecho da rodovia que passa por Sorocaba a velocidade máxima é de 110km/h.

Um caminhão que vinha logo atrás, em seguida, não conseguiu parar e bateu no veículo, provocando o engavetamento. Um caminhão de cimento derrubou a carga na pista e uma van ficou prensada entre o veículo e um ônibus.

Responsável pela van que ficou prensada, a empresa Transmeira informou que o veículo estava com duas pessoas, o motorista e um passageiro, no momento do acidente. Os dois morreram. O veículo iria levar funcionários para uma empresa.

Ainda conforme a transportadora, o motorista trabalhava havia quase um ano na empresa. Ele era casado e tinha uma filha. Por fim, a Transmeira completou dizendo que está dando assistência para as famílias das vítimas.

Outro veículo envolvido no engavetamento é uma van que prestava serviço de transporte para a Prefeitura de Itapeva (SP). O veículo levava pacientes para consultas médicas em São Paulo.

A prefeitura informou que não há feridos em estado grave. O número de pessoas que estavam no veículo não foi informado.

De acordo com a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), foi enviada uma equipe técnica ao local do acidente para verificar as causas e análise de possíveis medidas a serem adotadas, caso sejam detectadas irregularidades na sinalização ou qualquer outra não-conformidade no trecho.

"Foi constatado que a sinalização no trecho segue as normas técnicas e legislação. Serão verificadas possíveis medidas adicionais a serem adotadas pela concessionária naquele trecho. O acidente, segundo apuração preliminar, não teve relação com o ponto de radar instalado naquele trecho, tanto que ocorreu após o seu local. A série de colisões teria sido iniciada com o choque lateral entre um utilitário e um caminhão."