Mercado fechará em 3 h 43 min
  • BOVESPA

    117.424,16
    +226,34 (+0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.167,56
    +321,73 (+0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,31
    +0,55 (+0,63%)
     
  • OURO

    1.717,40
    -3,40 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    20.020,61
    -71,52 (-0,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    455,63
    -7,49 (-1,62%)
     
  • S&P500

    3.754,85
    -28,43 (-0,75%)
     
  • DOW JONES

    30.036,29
    -237,58 (-0,78%)
     
  • FTSE

    6.997,27
    -55,35 (-0,78%)
     
  • HANG SENG

    18.012,15
    -75,82 (-0,42%)
     
  • NIKKEI

    27.311,30
    +190,80 (+0,70%)
     
  • NASDAQ

    11.577,00
    -46,75 (-0,40%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1047
    -0,0315 (-0,61%)
     

Enfermeiros marcam paralisação no Rio por piso da categoria

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O SindEnfRJ (Sindicato dos Enfermeiros do Rio de Janeiro) anuncia nesta sexta-feira (9) que prepara uma paralisação para quarta-feira (14).

Os trabalhadores também farão uma carreata que vai sair do Hospital Federal de Bonsucesso nesta sexta-feira e uma manifestação no domingo (11), em Copacabana.

A paralisação de quarta deve durar 24 horas, a princípio, com 30% trabalhando e 70% em ato na porta do Hospital Quinta D'Or, segundo o sindicato.

Os atos acontecem como reação da categoria às discussões sobre o novo piso nacional da enfermagem, de R$ 4.750, sancionado por Bolsonaro no mês passado e suspenso por liminar no STF (Supremo Tribunal Federal) no último domingo (4) após uma onda de alertas do setor sobre a possibilidade de demissões em massa e fechamento de leitos.

A partir desta sexta começa o julgamento em plenário virtual para decidir se a liminar será mantida ou derrubada.