Mercado abrirá em 7 h 42 min
  • BOVESPA

    116.230,12
    +95,66 (+0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.046,58
    +616,83 (+1,36%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,31
    -0,21 (-0,24%)
     
  • OURO

    1.729,10
    -1,40 (-0,08%)
     
  • BTC-USD

    20.157,58
    +545,84 (+2,78%)
     
  • CMC Crypto 200

    457,26
    +11,83 (+2,66%)
     
  • S&P500

    3.790,93
    +112,50 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    30.316,32
    +825,43 (+2,80%)
     
  • FTSE

    7.086,46
    +177,70 (+2,57%)
     
  • HANG SENG

    18.013,87
    +934,36 (+5,47%)
     
  • NIKKEI

    27.103,42
    +111,21 (+0,41%)
     
  • NASDAQ

    11.582,75
    -58,00 (-0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1510
    -0,0169 (-0,33%)
     

Enfermeiros convocam atos após suspensão do piso salarial no STF

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Enfermeiros preparam manifestações em todos os estados, depois da liminar do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso que suspendeu o novo piso salarial da categoria, neste domingo (4).

A convocação para os atos foi definida pelo Fórum Nacional da Enfermagem, que reúne entidades como a FNE (Federação Nacional dos Enfermeiros) e o Cofen (Conselho Federal da Enfermagem).

Os atos foram marcados para sexta-feira (9) e devem acontecer em frente a hospitais e casas de saúde.

O fórum também pediu para se reunir com Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, e Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados, ainda nesta semana, para tratar do assunto.