Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,50 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.683,55
    -126,66 (-0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    51,98
    -1,15 (-2,16%)
     
  • OURO

    1.855,50
    -10,40 (-0,56%)
     
  • BTC-USD

    31.925,84
    +131,51 (+0,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    651,44
    +41,45 (+6,79%)
     
  • S&P500

    3.841,47
    -11,60 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    30.996,98
    -179,03 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.695,07
    -20,35 (-0,30%)
     
  • HANG SENG

    29.447,85
    -479,91 (-1,60%)
     
  • NIKKEI

    28.631,45
    -125,41 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    13.355,25
    -40,25 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6542
    +0,1458 (+2,24%)
     

Enfermeiro morre após cair de voo de parapente no Espírito Santo

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Wanderley Nilo Barata caiu do parapente e morreu no ES (Foto: Reprodução/Redes sociais)
Wanderley Nilo Barata caiu do parapente e morreu no ES (Foto: Reprodução/Redes sociais)

O enfermeiro Wanderley Nilo Barata, de 39 anos, morreu após cair de um voo de parapente em Alfredo Chaves, na região serrana do Espírito Santo. Segundo informações de testemunhas, o equipamento do enfermeio teria se fechado antes do pouso. Ele chegou a ser resgatado por um helicóptero da Polícia Militar, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo familiares ouvidos pelo Uol, o voo estava tranquilo e era orientado por um profissional da área. Assim que Wanderley caiu, colegas tentaram socorrê-lo. De acordo com o jornal, o enfermeiro era praticante do esporte havia dois anos. Ou seja, ele era considerado experiente.

Após a queda durante o voo, o Corpo de Bombeiros foi acionado. Uma equipe de miliatres se deslocou por terra e fez o antedimento incial tentando estabilizar a vítima. Porém, seu estado era grave e o local do acidente era de difícil acesso.

Leia também

"Pela dificuldade de acesso à região e impossibilidade de retirada do ferido via terrestre, foi acionada a aeronave do Notaer, que realizou o resgate e deixou a vítima aos cuidados de uma ambulância, na área de pouso. O esportista foi levado até uma unidade de saúde do município", informou o Corpo de Bombeiros, por meio de nota.

Ao Uol, Nataly de Oliveira, cunhada da vítima, disse que a família ainda não consegue entender o que aconteceu, já que os equipamentos eram novos e o enfermeiro era muito cuidadoso com a segurança.

"A gente não tem ideia do que aconteceu. Ele era muito responsável, muito cuidadoso com as questões de segurança. Fez o curso em 2008, gostava do que fazia. É uma perda muito grande. Estamos todos abalados com essa situação", contou.