Mercado fechará em 4 h 58 min
  • BOVESPA

    107.678,99
    -258,12 (-0,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.890,59
    -708,79 (-1,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,70
    +0,39 (+0,47%)
     
  • OURO

    1.841,70
    0,00 (0,00%)
     
  • BTC-USD

    36.502,07
    +3.091,54 (+9,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    830,14
    +19,53 (+2,41%)
     
  • S&P500

    4.410,13
    +12,19 (+0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.364,50
    +99,13 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.361,50
    +64,35 (+0,88%)
     
  • HANG SENG

    24.243,61
    -412,85 (-1,67%)
     
  • NIKKEI

    27.131,34
    -457,03 (-1,66%)
     
  • NASDAQ

    14.206,75
    -294,25 (-2,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1963
    -0,0324 (-0,52%)
     

Eneva obtém licença de operação para térmica em Roraima

·1 min de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A Usina Termelétrica (UTE) Jaguatirica II, pertencente à Eneva, obteve na sexta-feira sua licença de operação (LO) concedida pelo órgão ambiental do Estado de Roraima, de acordo com nota divulgada pela companhia nesta segunda-feira.

A LO é um marco importante para a etapa final do projeto que marca a primeira usina termelétrica movida a gás natural do Estado de Roraima.

A usina está atualmente em fase final de comissionamento, na qual são realizados testes de confiabilidade e disponibilidade dos equipamentos.

A previsão de conclusão desta etapa é no final deste ano, permitindo o início da operação.

A térmica faz parte do Projeto Integrado Azulão-Jaguatirica, vencedor do leilão de 2019 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Jaguatirica II atenderá à cerca de 70% da demanda de energia do Estado, permitindo o desligamento da capacidade de geração a diesel, o que reduzirá em 35% as emissões de CO2 (Dióxido de Carbono) e 99% de Óxido de Nitrogênio, segundo a empresa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos