Mercado abrirá em 2 h 36 min
  • BOVESPA

    110.188,57
    +787,16 (+0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.020,65
    +221,19 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,87
    -0,38 (-0,51%)
     
  • OURO

    1.785,80
    +3,40 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    16.812,45
    -196,64 (-1,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    394,51
    -7,29 (-1,81%)
     
  • S&P500

    3.941,26
    -57,58 (-1,44%)
     
  • DOW JONES

    33.596,34
    -350,76 (-1,03%)
     
  • FTSE

    7.538,67
    +17,28 (+0,23%)
     
  • HANG SENG

    18.814,82
    -626,36 (-3,22%)
     
  • NIKKEI

    27.686,40
    -199,47 (-0,72%)
     
  • NASDAQ

    11.561,25
    -4,75 (-0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4730
    -0,0057 (-0,10%)
     

Energia elétrica: bandeiras ficam até 63,7% mais caras a partir de hoje

Energia elétrica: ainda há a possibilidade da bandeira verde, sem acréscimos, permanecer até o final de 2022. (Sam Tarling/Getty Images)
Energia elétrica: ainda há a possibilidade da bandeira verde, sem acréscimos, permanecer até o final de 2022. (Sam Tarling/Getty Images)
  • Passa a valer hoje (1) aumento nas bandeiras tarifárias de energia elétrica;

  • Altas chegam a 63,7%;

  • Medida vale até junho de 2023.

Começa a valer nesta sexta-feira (1) o aumento de até 63,7% nas bandeiras tarifárias de energia elétrica. O reajuste, aprovado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) acima dos valores colocados em consulta pública, vale até junho de 2023.

A decisão foi tomada devido à falta de chuvas, que consequentemente fazem os reservatórios operarem na capacidade mínima. A dificuldade em gerar energia afeta principalmente residências, pequenas indústrias e comércios – os chamados consumidores cativos, que compram energia diretamente da distribuidora.

Veja abaixo as alterações nas bandeiras:

Bandeira

Preço a cada 100 kWh

% aumento

Vermelha patamar 1

De R$ 3,971 para R$ 6,500

63,7%

Vermelha patamar 2

De R$ 9,492 para R$ 9,795

3,2%

Amarela

De R$ 1,874 para R$ 2,989

60%

Verde

Sem cobrança extra

-

Entretanto, há a possibilidade da bandeira verde, sem acréscimos, permanecer até o final de 2022, segundo pesquisa da Trinity Energia, divulgada pela Exame.

“No início deste ano tivemos chuvas regulares em grande parte do país e isso impactou diretamente no nível dos reservatórios, que operam com boa capacidade. Medidas impostas para minimizar os efeitos da seca no ano anterior, também foram positivas e refletem o atual cenário hídrico”, diz João Sanches, CEO da empresa, ao portal.

A ressalva é para a região Sul, que pode apresentar variações meteorológicas por conta do fenômeno La Niña.