Energia mais barata eleva competitividade, frisa Dilma

A presidente Dilma Rousseff declarou que o setor produtivo recebeu uma redução maior de tarifa elétrica do que os consumidores residenciais por causa da estrutura de redes de energia do País. Ela enfatizou que as casas precisam de mais quantidade de subestações para fazer a energia chegar, enquanto as indústrias necessitam de menos, porque utilizam a energia de locais mais concentrados.

Com isso, resumiu a presidente durante encontro com novos prefeitos e prefeitas na tarde desta segunda-feira, o custo da energia nos lares é mais cara do que nas empresas. "Desde a semana passada a tarifa de energia está mais barata. Isso aumenta a competitividade do Brasil, aumenta o emprego e o desempenho das indústrias."

Carregando...