Mercado fechará em 2 h 39 min
  • BOVESPA

    103.669,75
    +1.754,30 (+1,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.446,10
    +747,38 (+1,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,54
    +2,36 (+3,57%)
     
  • OURO

    1.789,40
    +12,90 (+0,73%)
     
  • BTC-USD

    59.014,16
    +1.890,32 (+3,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.504,12
    +35,04 (+2,39%)
     
  • S&P500

    4.649,43
    +82,43 (+1,80%)
     
  • DOW JONES

    34.984,25
    +500,53 (+1,45%)
     
  • FTSE

    7.158,38
    +98,93 (+1,40%)
     
  • HANG SENG

    23.658,92
    +183,66 (+0,78%)
     
  • NIKKEI

    27.935,62
    +113,86 (+0,41%)
     
  • NASDAQ

    16.394,50
    +244,00 (+1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3699
    -0,0001 (-0,00%)
     

Encomendas à indústria nos EUA aumentam inesperadamente em setembro

·1 min de leitura
Fábrica de ônibus elétrico BYD na Califórnia, EUA

WASHINGTON (Reuters) - As novas encomendas de produtos fabricados nos Estados Unidos aumentaram inesperadamente em setembro, embora a manufatura permaneça limitada pela escassez de insumos.

O Departamento de Comércio dos EUA informou nesta quarta-feira que as encomendas à indústria aumentaram 0,2% em setembro. Os dados de agosto foram revisados para baixo para mostrar avanço de 1,0%, em vez de 1,2%, conforme divulgado anteriormente.

Economistas consultados pela Reuters previam que as encomendas ficariam estáveis. Os pedidos tiveram alta de 17,6% em relação ao ano anterior.

A manufatura, que responde por 12% da economia norte-americana, está sendo impulsionada pela demanda ainda forte por bens, apesar dos gastos estarem voltando para serviços. As empresas estão recompondo os estoques esgotados, mas a escassez de mão de obra e matérias-primas decorrente da pandemia de Covid-19 permanece um desafio.

(Por Lucia Mutikani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos