Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    60.654,11
    -1.440,64 (-2,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

Encomendas à indústria alemã caem mais do que o esperado em agosto

·1 minuto de leitura

BERLIM (Reuters) - As encomendas industriais alemãs caíram mais do que o esperado em agosto com a demanda mais fraca do exterior, após dois meses de ganhos excepcionalmente fortes devido a grandes contratos, mostraram dados nesta quarta-feira.

Os números divulgados pela Agência Federal de Estatísticas do país mostram que as encomendas de produtos fabricados na Alemanha caíram 7,7% no mês, em termos ajustados sazonalmente. Pesquisa da Reuters com analistas apontava queda de 2,1% no mês.

As montadoras alemãs estão tentando atender a um aumento na demanda pós-pandemia desde o início do ano devido à falta de microchips e outros produtos intermediários, o que está impedindo a recuperação da maior economia da Europa.

A queda acentuada no mês foi causada em parte por pedidos anteriores de aviões, navios e outros veículos de grande porte, que elevaram as encomendas em 4,9% em julho e 4,6% em junho, segundo a agência.

Sem esse efeito de distorção, as encomendas industriais caíram 5,1% em agosto.

Outra razão para as leituras mais fracas do que o esperado foi a menor demanda do exterior, especialmente de clientes de fora da zona do euro.

No entanto, as encomendas industriais em geral permaneceram em um nível historicamente alto e já estavam 8,5% acima dos níveis de fevereiro de 2020, um mês antes de a Alemanha ser atingida pela pandemia Covid-19, ressaltou o ministério.

(Por Michael Nienaber)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos