Mercado fechará em 4 h 5 min
  • BOVESPA

    113.304,72
    +22,05 (+0,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.480,05
    +374,34 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    75,38
    +1,40 (+1,89%)
     
  • OURO

    1.752,90
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    43.201,51
    -197,50 (-0,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.074,87
    -26,65 (-2,42%)
     
  • S&P500

    4.442,41
    -13,07 (-0,29%)
     
  • DOW JONES

    34.925,51
    +127,51 (+0,37%)
     
  • FTSE

    7.063,40
    +11,92 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    24.208,78
    +16,62 (+0,07%)
     
  • NIKKEI

    30.240,06
    -8,75 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.144,00
    -174,75 (-1,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2662
    +0,0106 (+0,17%)
     

Enauta retoma operação plena no campo de Atlanta; projeta perfuração de 4º poço

·1 minuto de leitura
Tanques para armazenamento de gás natural na Baía de Guanabara, Rio de Janeiro

SÃO PAULO (Reuters) - A petroleira Enauta informou nesta quarta-feira que o Campo de Atlanta opera novamente com a totalidade dos poços do Sistema de Produção Antecipada, após a conclusão do reparo dos aquecedores.

Em nota, a companhia disse espera produzir inicialmente cerca de 20.000 barris de óleo por dia com a operação dos três poços, após o período de estabilização, "o que representa um recorde de produção diária da Enauta".

Adicionalmente, estão em andamento atividades para ampliar a capacidade de tratamento de água no FPSO Petrojarl I e, assim, aumentar a produção de óleo. "O término da primeira etapa, que prevê expansão de 35% no volume de água tratada, está previsto para o final de 2021."

A empresa disse também que, em agosto, iniciou o processo de licitação dos equipamentos e serviços necessários para a perfuração de um quarto poço visando aumentar a capacidade de produção do Campo.

"A perfuração desse poço está prevista para o terceiro trimestre de 2022, com o início de produção estimado até o final do próximo ano."

Localizado na Bacia de Santos, o Campo de Atlanta é operado pela Enauta Energia S.A., subsidiária integral da companhia, que detém 100% deste ativo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos