Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.094,22 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,95 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    34.388,50
    +281,27 (+0,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,15 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,82 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    -6,75 (-0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Empresas de tecnologia aderem à venda de "ações sintéticas" via blockchain

·1 minuto de leitura

Os ativos digitais estão em alta. Basta olhar para as vendas de tokens não fungíveis (Non-Fungible Tokens – NFTs). Com isso, as versões sintéticas de ações de empresas de tecnologia passaram a ser negociadas em blockchain. Entre as opções há títulos de companhias como Apple, Tesla e Amazon.

Esses papéis, ao contrário dos tradicionais, não são negociados em bolsas de valores. Por isso, evitam a burocracia e as regulamentações do mundo financeiro, enquanto permitem a transação de ativos semelhantes sem as restrições do mercado tradicional. Segundo a Bloomberg, os ativos sintéticos buscam refletir os preços das ações reais, embora não haja negociação de ações reais no processo.

Como as ações sintéticas não são regulamentadas nem negociados em bolsa de valores, podem ser questionadas pela comissão de valores mobiliários americana (Securities and Exchange Commission – SEC). O órgão diz que sua missão é proteger os investidores, manter mercados justos e facilitar a formação de capital.

Imagem: Reprodução/Elements/Rawpixel
Imagem: Reprodução/Elements/Rawpixel

Para impedir a prática, seria necessário encerrar o código de software que compõe a rede blockchain. Essa é uma tarefa difícil, já que ela é usada por usuários anônimos de todo o mundo.

Por enquanto, o volume de negociação desse tipo de ativo ainda é baixo. Ações sintéticas da Apple, por exemplo, têm capitalização de cerca de US$ 34 milhões (cerca de R$ 178 milhões), enquanto as reais chegam a US$ 2,4 trilhões (em torno de R$ 12,5 trilhões).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos