Mercado fechará em 5 h 34 min
  • BOVESPA

    100.559,41
    +1.887,15 (+1,91%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.837,36
    +95,86 (+0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,00
    +0,38 (+0,35%)
     
  • OURO

    1.829,20
    -1,10 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    20.709,57
    -708,00 (-3,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    451,27
    -10,53 (-2,28%)
     
  • S&P500

    3.896,38
    -15,36 (-0,39%)
     
  • DOW JONES

    31.427,79
    -72,89 (-0,23%)
     
  • FTSE

    7.232,87
    +24,06 (+0,33%)
     
  • HANG SENG

    22.229,52
    +510,46 (+2,35%)
     
  • NIKKEI

    26.871,27
    +379,30 (+1,43%)
     
  • NASDAQ

    12.057,75
    -82,75 (-0,68%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5241
    -0,0283 (-0,51%)
     

Empresas optam pelo armazenamento em nuvem diante da guerra na Ucrânia

Empresas estão optando pelo armazenamento em nuvem diante da guerra na Ucrânia (Foto: Getty Images)
Empresas estão optando pelo armazenamento em nuvem diante da guerra na Ucrânia (Foto: Getty Images)
  • A escassez de materiais eletrônicos foi intensificada após o início do conflito entre Rússia e Ucrânia;

  • Cada vezes mais empresas têm optado pelo armazenamento em nuvem;

  • Rapidez, praticidade e baixo custo estão entre as vantagens do serviço;

A escassez de materiais eletrônicos foi evidenciada e intensificada após o início do conflito entre Rússia e Ucrânia. Nesse sentido, empresas do mundo inteiro têm recorrido ao serviço de nuvem para driblar a falta de insumos essenciais para o armazenamento de dados. A alternativa supre a lacuna gerada por fabricantes que estão com dificuldades em produzir e entregar seus equipamentos físicos.

Segundo a empresa de pesquisa de mercado Technet, a Ucrânia é responsável pelo fornecimento de mais de 90% do neônio de grau semicondutor para os Estados Unidos. Esse é um dos materiais essenciais ao armazenamento "físico" de dados, que antes mesmo do conflito ter início já possuía um elevado.

Diante desse cenário, o serviço de nuvem é incorporado por mais empresas todos os dias. Dentre as vantagens da modalidade de armazenamento de dados, estão a rapidez, praticidade, segurança e sem gerar uma grande despesa financeira. De acordo com o estudo IDC Predictions Brazil 2022, até dezembro mais de 95% das organizações que já fazem uso do formato preservarão ou ampliarão a capacidade dos ambientes cloud.

Apesar de proporcionar mais vantagens do que insumos físicos no armazenamento de dados, o serviço de nuvem ainda é uma presa mais fácil no que diz respeito a ciberataques. Nesse sentido, algumas empresas especializadas têm se demonstrado extremamente relevantes, pois trazem uma gama completa de maneiras para preservar o ambiente cloud e evitar o vazamento de dados.

Ao optar pelo armazenamento em nuvem, recomenda-se que as empresas utilizem sistemas que restrinjam o acesso ao ambiente cloud da companhia. Além disso, os funcionários que têm acesso ao sistema devem ser orientados a criarem senhas fortes para dificultar a ocorrência de ciberataques.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos