Mercado fechará em 1 h 54 min

Empresas deixam de vender passagens de ônibus para o Paraguai

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Com o fechamento das fronteiras pelo Paraguai, empresas que oferecem transporte de ônibus para o país vizinho já não estão vendendo passagens para o destino.

A paranaense Expresso Nordeste, que faz trajetos de cidades do estado até municípios da fronteira, deixou de comercializar as passagens nesta segunda-feira (16). O passageiro pode escolher ir até Foz do Iguaçu, na divisa com o Paraguai.

A determinação do governo paraguaio é de que brasileiros e turistas sem documentos paraguaios não possam entrar no país.