Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.910,10
    -701,55 (-0,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.661,86
    +195,84 (+0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,29
    +0,68 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.790,10
    -3,00 (-0,17%)
     
  • BTC-USD

    37.886,64
    +1.738,23 (+4,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    863,83
    +21,37 (+2,54%)
     
  • S&P500

    4.431,85
    +105,34 (+2,43%)
     
  • DOW JONES

    34.725,47
    +564,69 (+1,65%)
     
  • FTSE

    7.466,07
    -88,24 (-1,17%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.430,25
    +443,50 (+3,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9813
    -0,0427 (-0,71%)
     

Empresas buscam automação inteligente para flexibilidade e competitividade em economia brasileira em recuperação

·6 min de leitura

O relatório ISG Provider Lens™ mostra que o Brasil está à frente da maioria dos países em IA conversacional e transações sem papel, mas ainda em estágio inicial com algumas formas de automação

SÃO PAULO, January 12, 2022--(BUSINESS WIRE)--As empresas brasileiras estão expandindo o uso da automação, reconhecendo a importância da flexibilidade e adaptabilidade sob condições de negócios em constante mudança, de acordo com um novo relatório publicado, hoje, pelo Information Services Group (ISG) (Nasdaq: III), empresa líder global em pesquisa de tecnologia e consultoria.

O relatório ISG Provider Lens™ Intelligent Automation – Solutions and Services 2021 para o Brasil mostra que a confiança dos negócios aumentou no primeiro semestre de 2021, à medida que o país respondeu à pandemia da Covid-19 com vacinas e outras medidas, levando metade de todas as empresas a aumentar o investimento em tecnologia, apesar de questões políticas, econômicas e da cadeia de suprimentos em curso.

As empresas tradicionais no Brasil estão se voltando para a transformação digital com o intuito de se preparar para mudanças potencialmente devastadoras, como interrupções na cadeia de suprimentos causadas pela Covid-19, mas também estão sob pressão de novos concorrentes, menores e altamente automatizados, diz o relatório. Empresas estabelecidas estão sendo desafiadas a evoluírem sua automação de esforços departamentais isolados para o nível corporativo.

"O investimento em TI é um dos caminhos mais promissores para o futuro do Brasil", disse Chip Wagner, CEO da ISG Automation. "Indústrias como bancos, serviços financeiros, comércio eletrônico e varejo mostraram que a transformação digital pode expandir a economia do país além das matérias-primas."

A automação inteligente de negócios ainda está em estágio inicial no Brasil, com a maioria das empresas focadas em descobrir casos de uso apropriados, diz o relatório. A automação vem sendo aplicada nas operações da cadeia de suprimentos e logística, bem como na conformidade com os processos fiscais. As empresas financeiras automatizaram processos complexos em torno de financiamento imobiliário, cobrança de dívidas e crédito. Mas existe um potencial mais amplo no varejo, saúde, telecomunicações e setor farmacêutico, diz o ISG.

Em IA conversacional, o Brasil já é um mercado líder, tendo altas taxas de adoção de interfaces de usuário baseadas em voz, como Siri, Alexa e Cortana, de acordo com o relatório. Isso acelerou o desenvolvimento de cenários complexos de conversação homem-máquina, e a inteligência conversacional passou a ser muito usada em chatbots de contact center, agentes virtuais e assistentes de voz. O Brasil é o segundo maior mercado do mundo em termos de número de bots implantados e transações tratadas por eles. No entanto, os bots foram adicionados tão rapidamente que muitos ainda têm apenas funções básicas e carecem de monitoramento, curadoria e reciclagem, diz o ISG.

O Brasil também está à frente de alguns outros grandes países, incluindo os EUA, em se tornar uma economia sem papel, de acordo com o ISG. Há menos necessidade de processamento inteligente de documentos, pois aplicações típicas, como faturamento em papel e processamento de sinistros, já são executadas eletronicamente no Brasil. O governo e o setor público também estão altamente engajados em iniciativas de governo eletrônico, como urnas eletrônicas e o sistema de escrituração digital (SPED) para declarações fiscais.

Outras formas de automação, incluindo inteligência artificial para operações de TI (AIOps) e descoberta de processos e tarefas, são menos adotadas no Brasil do que em outros países, diz o relatório. Espera-se que o uso de AIOps se torne mais crítico devido à alta incidência de ameaças à segurança e à vulnerabilidade geral das empresas brasileiras a ataques cibernéticos. A mineração de processos ainda é comumente vista como uma ferramenta a ser aplicada uma única vez por prestadores de serviços de consultoria ou auditoria, e modelos de uso mais flexíveis serão necessários para popularizar seu uso no Brasil, diz o ISG.

O relatório ISG Provider Lens™ Intelligent Automation – Solutions and Services 2021 para o Brasil avalia os recursos de 61 provedores em cinco quadrantes: Intelligent Business Automation, Artificial Intelligence for IT Operations (AIOps), Conversational AI, Intelligent Document Processing e Process Mining and Discovery.

O relatório nomeia IBM e Stefanini como líderes em três quadrantes cada e Accenture e Capgemini como líderes em dois quadrantes cada. ABBYY, Celonis, CPQD, DXC Technology, Google, Kofax, Microsoft, Nama, Software AG, TIVIT, UiPath e UpFlux são nomeados como líderes em um quadrante cada.

Além disso, Automation Anywhere, SAP Signavio, Sinch Chatlayer, Stoque e Wipro são nomeadas como Rising Stars – empresas com um "portfólio promissor" e "alto potencial futuro" pela definição do ISG – em um quadrante cada.

Versões personalizadas do relatório foram disponibilizadas pela Sinch Chatlayer e Stoque.

O relatório ISG Provider Lens™ Intelligent Automation – Solutions and Services 2021 para o Brasil está disponível para assinantes ou para compra única nesta página.

Sobre o ISG Provider Lens™ Research

A série de pesquisas em quadrantes do ISG Provider Lens™ é a única avaliação de provedor de serviços desse tipo a combinar pesquisa empírica baseada em dados e análise de mercado com a experiência e observações do mundo real da equipe de consultoria global do ISG. As empresas encontrarão uma grande quantidade de dados detalhados e análises de mercado para ajudar a orientar sua seleção de parceiros apropriados (sourcing), enquanto os consultores do ISG usam os relatórios para validar seu próprio conhecimento de mercado e fazer recomendações aos clientes corporativos do ISG. A pesquisa atualmente abrange fornecedores que oferecem seus serviços globalmente, em toda a Europa, bem como nos Estados Unidos, Canadá, Brasil, Reino Unido, França, Benelux, Alemanha, Suíça, países nórdicos, Austrália e Cingapura/Malásia, com mercados adicionais a serem adicionados no futuro. Para obter mais informações sobre o ISG Providers Lens™ da ISG, visite este webpage.

Sobre o ISG

ISG (Information Services Group) (Nasdaq: III) é uma empresa líder global em pesquisa de tecnologia e consultoria. Um parceiro de negócios confiável para mais de 700 clientes, incluindo mais de 75 das 100 maiores empresas do mundo, o ISG está comprometido em ajudar corporações, organizações do setor público e provedores de serviços e tecnologia a alcançar excelência operacional e crescimento mais rápido. A empresa é especializada em serviços de transformação digital, incluindo automação, nuvem e análise de dados; assessoria de sourcing; governança gerenciada e serviços de risco; serviços de telecomunicações; estratégia e desenho de operações; gestão de mudança organizacional, inteligência de mercado e pesquisa e análise de tecnologia. Fundada em 2006 e com sede em Stamford, Connecticut, o ISG emprega mais de 1.300 profissionais digital-ready que operam em mais de 20 países - uma equipe global conhecida por seu pensamento inovador, influência de mercado, profundo conhecimento em tecnologia e indústria, e pesquisa e recursos analíticos de classe mundial com base nos dados de mercado mais abrangentes do setor. Para mais informações visite www.isg-one.com.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20220112005238/pt/

Contacts

Will Thoretz, ISG
+1 203 517 3119
will.thoretz@isg-one.com

Thábata Mondoni, Mondoni Press para ISG
Mobile: +55 11 98671 5652
thabata@mondonipress.com.br

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos