Mercado fechará em 2 h 23 min

Empresário levanta US$ 16 milhões para ajudar condenados a votar

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
O empresário Michael Bloomberg. (Foto: KGC-254/STAR MAX/IPx 2020)
O empresário Michael Bloomberg. (Foto: KGC-254/STAR MAX/IPx 2020)

O empresário Michael Bloomberg, que foi também prefeito da cidade de Nova York, liderou uma campanha de arrecadação de fundos que levantou US$ 16 milhões para pagar multas e taxas e ajudar cerca de 30 mil cidadãos americanos condenados por crimes a votar no estado da Flórida.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

“O direito ao voto é fundamental para a nossa democracia e esse voto não deveria ser negado a nenhum americano”, disse Bloomberg em fala reproduzida pela rede de notícias CNN.

Leia também

Na Flórida, o direito ao voto foi concedido em 2018 a cerca de um milhão de pessoas que já foram anteriormente condenadas por crimes, exceto por assassinato e crimes sexuais. Mas para uma lei posterior exige que, para isso, essas pessoas paguem multas e taxas para o governo.

São essas taxas que Bloomberg quer pagar. O dinheiro será direcionado para uma organização social que cuida dos direitos desses condenados.

Bloomberg lançou sua própria campanha pelo partido Democrata nas primárias dos Estados Unidos, mas perdeu para Joe Biden, ex-vice-presidente de Barack Obama. Agora, ele se dedica a ajudar Biden a vencer na Flórida, estado chave para a campanha de Donald Trump à reeleição.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube