Mercado fechado

Berkshire, de Warren Buffett, anuncia prejuízo de US$ 49,7 bi antes de encontro

Ao todo, a empresa divulgou perda total de investimento de US $ 54,5 bilhões no trimestre. Foto: Dennis Van Tine/STAR MAX/IPx 2017

Por Melissa Santos

A Berkshire Hathaway, conglomerado de Warren Buffett, um dos investidores mais famosos do mundo, registrou um prejuízo de US$ 49,7 bilhões no primeiro trimestre de 2020. O motivo é a forte liquidação nas bolsas de valores globais, uma debandada que foi causada pela pandemia do COVID-19. 

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

A perda registrada foi a maior de todos os tempos para a Berkshire. Para se ter uma ideia, no mesmo período do ano passado, a empresa tinha anunciado lucro de US$ 21,7 bilhões. De acordo com o The New York Times, o vasto leque de investimentos do conglomerado acabou expondo a empresa, já que eles investem em muitas cias. que foram prejudicadas pela crise. 

Veja também

Ao todo, a empresa divulgou perda total de investimento de US $ 54,5 bilhões no trimestre, em comparação com o ganho de investimento de US$ 56,3 bilhões nesse mesmo período de 2019.

Essas perdas de investimento da Berkshire acompanham a queda geral nos mercados de ações. O S&P 500 –índice das maiores (em termos de valor) empresas americanas cotadas em bolsa -- caiu 20% no primeiro trimestre. E a Berkshire possui cerca de US$ 125 bilhões de participações em muitas delas, como American Express, Apple, Bank of America, Coca-Cola e Wells Fargo.

Os resultados apresentados ofuscaram um aumento de 6% nos lucros, que acompanham o desempenho dos negócios de propriedade e operação da empresa, como a seguradora Geico. Segundo o The New York Times, Buffett considera essa medida melhor do que o desempenho geral da empresa e há muito argumenta que os ganhos ou perdas trimestrais em seus investimentos "geralmente não fazem sentido" para entender a saúde geral do conglomerado. 

Marcada para hoje, a famosa reunião anual de acionistas do Berkshire Hathaway, que acontecia em Omaha, Nebraska, não pode ser presencial por conta da pandemia do coronavírus. Portanto, o "Woodstock do Capitalismo", será transmitido online para todo o mundo diretamente do Yahoo Finanças a partir das 17h.  

Na ocasião, Buffett tirará as dúvidas dos acionistas e poderá entrar em detalhes sobre os resultados do balanço do primeiro trimestre, além de outros temas como as oportunidades de investimentos da Berkshire, que relatou US $ 137,3 bilhões em caixa no final do trimestre. 

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.