Mercado abrirá em 5 h 5 min
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,82 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,44 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,34
    +0,58 (+0,69%)
     
  • OURO

    1.797,30
    +1,00 (+0,06%)
     
  • BTC-USD

    62.029,28
    +1.274,65 (+2,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,70 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,92 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.182,95
    +56,02 (+0,21%)
     
  • NIKKEI

    28.600,41
    -204,44 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    15.373,50
    +32,50 (+0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5797
    -0,0011 (-0,02%)
     

Empresa dos “Marinheiros do Bitcoin” suspende pagamentos em Búzios

·2 minuto de leitura

Mais uma empresa que atuava com as promessas de rendimentos de Bitcoin na região dos lagos suspendeu os pagamentos, desta vez uma criada por quatro marinheiros, segundo informações compartilhadas com o Livecoins.

Sua sede era na cidade de Armação dos Búzios, destino paradisíaco no Brasil e famoso pelo alto padrão de suas praias e condomínios de luxo.

Os líderes da FCL Investimentos prometiam lucros acima do mercado, com pagamentos de rendimentos fixos para seus investidores. Em seu CNPJ, a empresa registrada em maio de 2021 se apresentava como responsável por intermediar serviços e negócios em geral.

FCL Investimentos dava comprovante para clientes que terceirizavam o trade
FCL Investimentos dava comprovante para clientes que terceirizavam o trade

Com suposto bloqueio bancário de contas, empresa dos “Marinheiros do Bitcoin” suspende pagamentos

De acordo com o portal de notícias RLagos, a empresa FCL Investimentos e Consultoria foi criada por marinheiros de Búzios, que chamavam clientes com ofertas de 15% ao mês.

Esses investimentos eram feitos e contavam até com um comprovante de “terceirização do Time de Traders”, algo que é uma novidade no ramo.

Nos últimos dias, os clientes começaram a reclamar de atrasos nos pagamentos prometidos, o que gerou uma grande insatisfação entre os investidores do negócio, que supostamente poderia estar operando uma pirâmide financeira na Região dos Lagos.

Em nota, a empresa alegou a clientes que “não caiu”, mas que passa por um processo de readequação. Os líderes ainda pediram em tom intimidador que clientes não divulguem informações “tendenciosas” sobre o negócio.

Mensagem que foi compartilhada com clientes pede que eles não publiquem informações tendenciosas sobre empresa, que afirma não ter caído
Mensagem que foi compartilhada com clientes pede que eles não publiquem informações tendenciosas sobre empresa, que afirma não ter caído

Além de prometer render o dinheiro com Bitcoin, os operadores afirmavam que trabalhavam com ações na B3 e contratos de Dólar também.

O que diz a empresa em sua defesa?

Uma nota da FCL que foi compartilhada em grupos de WhatsApp da empresa também chegou ao Livecoins, que diz que a empresa espera reaver suas contas, mas pede um prazo de até 4 meses para resolver a situação.

Prezados cliente(a) viemos através desta nota informar que devido a força maior tivemos que paralisar a rentabilidade de todos nossos clientes, infelizmente quatro das nossas principais contas foram bloqueadas e ainda sem previsão para Desbloqueio.

Nosso jurídico está trabalhando incansavelmente para tentar o reaver o capital nela disponível. Mediante a situação estamos tomando a providência de devolver o capital de todos nossos clientes com os valores aportados a nossa empresa.

Sabemos a necessidade de todos e somos solidários aos mesmos, já agilizamos com nossos traders um plano de devolução do capital aportado de todos que fazem parte da FCL.

Estamos com o levantamento de devoluções de pagamento que pode durar 30 a 120 dias. Pedimos desculpas pelo transtorno ocorrido e sabemos do nosso compromisso que é sempre priorizar o cliente.

Infelizmente devido às questões que não está dentro do nosso controle ocorreu está situação atípica de bloqueio de contas, acreditamos que está vinculado a polícia federal e ministério público que vem monitoramento contas bancárias de alto volume de movimentações devido às questões de investigações que estão ocorrendo com empresas do mesmo seguimento na nossa região.

Estamos de todas as formas tentando resolver a questão o mais breve possível, pedimos novamente desculpas e a compreensão de todos, pois nosso objetivo principal e a resolução desta situação. Att, Fabio Cruz de Lima.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos