Mercado fechará em 6 h 48 min
  • BOVESPA

    100.552,44
    +12,61 (+0,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.669,25
    +467,44 (+1,22%)
     
  • PETROLEO CRU

    40,37
    +0,34 (+0,85%)
     
  • OURO

    1.916,90
    -12,60 (-0,65%)
     
  • BTC-USD

    12.912,26
    +1.855,25 (+16,78%)
     
  • CMC Crypto 200

    260,92
    +16,03 (+6,55%)
     
  • S&P500

    3.435,56
    -7,56 (-0,22%)
     
  • DOW JONES

    28.210,82
    -97,97 (-0,35%)
     
  • FTSE

    5.784,44
    +7,94 (+0,14%)
     
  • HANG SENG

    24.786,13
    +31,71 (+0,13%)
     
  • NIKKEI

    23.474,27
    -165,19 (-0,70%)
     
  • NASDAQ

    11.690,25
    -1,00 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6365
    -0,0135 (-0,20%)
     

Empresa do criador do Twitter doa US$ 100 milhões contra desigualdade racial

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Jack Dorsey, fundador da Square e do Twitter. (Foto: David Becker/Getty Images)
Jack Dorsey, fundador da Square e do Twitter. (Foto: David Becker/Getty Images)

A empresa de pagamentos americana Square, fundada pelo empreendedor Jack Dorsey, do Twitter, anunciou que vai doar US$ 100 milhões para iniciativas que combatem a desigualdade racial.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Parte do dinheiro vai para instituições que promovem a revitalização de áreas economicamente vulneráveis, e para bancos ou instituições financeiras de propriedade de minorias raciais.

Leia também

Outra parte será destinada a empreendedores negros, e também para programas de justiça social.

“Nosso apoio para instituições financeiras lideradas por negros permite que essas instituições por sua vez coloquem fundos nas mãos de pessoas em comunidades vulneráveis”, disse a chefe financeira do Square, Amrita Ahuja. As informações são do site Business Insider.

“Empoderamento econômico sempre foi o propósito da Square, desde o dia 1, e agora isso é mais urgente do que nunca”, disse.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube