Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.716,00
    -2.354,00 (-2,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.395,94
    -928,96 (-2,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,43
    -4,06 (-4,86%)
     
  • OURO

    1.651,70
    -29,40 (-1,75%)
     
  • BTC-USD

    18.937,54
    -160,55 (-0,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    434,61
    -9,92 (-2,23%)
     
  • S&P500

    3.693,23
    -64,76 (-1,72%)
     
  • DOW JONES

    29.590,41
    -486,29 (-1,62%)
     
  • FTSE

    7.018,60
    -140,92 (-1,97%)
     
  • HANG SENG

    17.933,27
    -214,63 (-1,18%)
     
  • NIKKEI

    27.153,83
    -159,27 (-0,58%)
     
  • NASDAQ

    11.388,00
    -177,50 (-1,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0976
    +0,0649 (+1,29%)
     

Empresa do Arizona questiona Facebook sobre mudança de nome

·2 min de leitura
Meta PCs, uma empresa sediada no Arizona que vende computadores, laptops e software para jogadores, era uma empresa de varejo comum há uma semana. Então, na quinta-feira (28), o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou que sua empresa mudaria seu nome para Meta e se viu em uma guerra de IP com o maior gigante da tecnologia. (STR/NurPhoto via Getty Images) (NurPhoto via Getty Images)
  • Novo nome do Facebook, Meta, é o mesmo de uma empresa de computador, a Meta PCs

  • Zack Shutt, fundador, afirmou que não venderá o nome por menos de R$ 113 milhões

  • Meta PCs aproveitou o momento para fazer piada durante o anúncio de Zuckerberg

Meta PCs, uma empresa sediada no Arizona que vende computadores, laptops e software para jogadores, era uma empresa de varejo comum há uma semana. Então, na quinta-feira (28), o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou que sua empresa mudaria seu nome para Meta e se viu em uma guerra de IP com o maior gigante da tecnologia.

Leia também

Sorte para os Meta PCs, que já está alguns meses à frente do Facebook em ter o nome registrado. Segundo documento divulgado pelo TMZ, a empresa depositou o pedido de registro da marca em agosto, pouco mais de um ano após o seu início.

Zack Shutt, um dos fundadores da Meta PCs, disse em tweet que a empresa foi registrada em novembro do ano passado, e sua equipe não sabia dos planos do Facebook de usar "Meta" em qualquer parte de seu rebranding até a semana passada.

Shutt, junto com o cofundador Joe Darger, disse ao TMZ que não venderá o nome por menos de US$ 20 milhões (R$ 113 milhões) se o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, tentar obter o nome. Uma dessas medidas é entrar com um pedido em outro país e usar a data do pedido para entrar com o pedido nos Estados Unidos - uma prática frequentemente usada por grandes empresas.

“Iniciamos esta empresa com nossos próprios fundos pessoais. Quando soubemos que o Facebook escolheu o mesmo nome, foi obviamente uma preocupação que perderíamos qualquer alcance orgânico que trabalhamos duro para construir”, disse Shutt, acrescentando que eles têm ‘investimentos consideráveis’​ em conteúdo de marca e marketing influenciador em andamento.

Meta PC aproveitou momento para fazer brincadeira com mudança do Facebook

Apesar dessa preocupação crescente, a empresa está encontrando maneiras divertidas de reconhecer a situação. Na quinta-feira (28), Shutt compartilhou um vídeo fazendo um anúncio de paródia semelhante ao que Zuckerberg fez ao compartilhar o novo nome:

“Para refletir quem somos e o que esperamos construir, tenho o orgulho de anunciar que agora somos o Facebook”, diz Shutt no vídeo. Em outro tweet, eles fizeram um photoshop em Zuckerberg segurando seu produto:

O anúncio do Facebook sobre seu novo nome já gerou uma onda de respostas - de muitos ridicularizando seu escopo à revelação de que a palavra significa "morte" em hebraico.