Mercado fechará em 2 horas 1 minuto
  • BOVESPA

    107.053,54
    +806,39 (+0,76%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,57
    +662,54 (+1,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,91
    +1,32 (+1,20%)
     
  • OURO

    1.839,70
    +23,80 (+1,31%)
     
  • BTC-USD

    30.150,27
    +1.177,23 (+4,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    670,45
    +18,22 (+2,79%)
     
  • S&P500

    3.921,80
    -1,88 (-0,05%)
     
  • DOW JONES

    31.381,46
    -108,61 (-0,34%)
     
  • FTSE

    7.302,74
    -135,35 (-1,82%)
     
  • HANG SENG

    20.120,68
    -523,62 (-2,54%)
     
  • NIKKEI

    26.402,84
    -508,36 (-1,89%)
     
  • NASDAQ

    11.864,50
    -71,00 (-0,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1781
    -0,0402 (-0,77%)
     

Empresa de cripto alerta sobre o perigo de fazer backup no iCloud

·2 min de leitura
Iphone Icloud bypass exploit bug,Typing Iphone icloud pass code,isolated Vienna Austria November 11, 2017
Companhia alerta para os perigos de salvar os dados na nuvem (Getty Image)
  • Guardar informações de login da carteira de criptoativos na nuvem pode fragilizar segurança

  • Criminosos virtuais roubam informações de acesso e utilizam o backup para movimentar valores

  • O ideal é deixar as informações sobre a carteira de investimento em ambientes seguros

Não existe coisa mais simples do que fazer backup de todas as informações do celular e do computador em nuvens externas. Além de salvar senhas e agilizar processos, o armazenamento de informações também guarda arquivos importantes e preserva a memória digital.

Contudo, é necessário ter cautela sobre quais dados guardar. A MetaMask, uma das maiores carteiras cripto do mundo, alertou sobre os riscos dessa prática aos investidores da plataforma. Isso porque um usuário perdeu mais de US$ 600 mil através de phishing.

“Se você tem habilitado o backup do iCloud para dados do aplicativo, isso vai incluir seu baú codificado com senha. Caso sua senha não seja forte o suficiente, e alguém roube suas informações do iCloud, isso pode resultar em fundos roubados”, alertou a empresa em uma publicação no Twitter.

Como o golpe virtual acontece?

A funcionalidade pode permitir que as pessoas cadastrem dados importantes em sites falsos, o que pode resultar no roubo de informações. No golpe relatado, as pessoas recebem um email falso da Apple e colocam o login e a senha na criação maliciosa.

Dessa forma, os golpistas conseguem fazer backup de todas as informações salvas no dispositivo. Como a MetaMask faz parte do conjunto de aplicações salvas, o hacker tem acesso a ela também.

“Foi assim que aconteceu, recebi uma ligação da Apple, literalmente da Apple (segundo a identificação de chamada). Liguei de volta porque suspeitei de fraude e era um número da Apple, então acreditei neles. Me pediram um código que foi enviado ao meu telefone e dois segundos depois limparam a minha MetaMask”, contou Domenic Lacovone em uma rede social após ser vítima de uma ação criminosa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos