Mercado abrirá em 6 h 42 min
  • BOVESPA

    108.843,74
    -2.595,62 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.557,65
    -750,06 (-1,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,90
    +0,61 (+0,87%)
     
  • OURO

    1.763,80
    0,00 (0,00%)
     
  • BTC-USD

    42.689,61
    -2.961,76 (-6,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.068,29
    -66,09 (-5,83%)
     
  • S&P500

    4.357,73
    -75,26 (-1,70%)
     
  • DOW JONES

    33.970,47
    -614,41 (-1,78%)
     
  • FTSE

    6.903,91
    -59,73 (-0,86%)
     
  • HANG SENG

    24.025,94
    -73,20 (-0,30%)
     
  • NIKKEI

    29.849,48
    -650,57 (-2,13%)
     
  • NASDAQ

    15.062,75
    +53,25 (+0,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2916
    +0,0469 (+0,75%)
     

Empresa de Bezos move ação contra acordo entre Nasa e SpaceX

·1 minuto de leitura
A agência garantiu à empresa de Elon Musk acesso exclusivo à lua. Foto. Getty Images.
A agência garantiu à empresa de Elon Musk acesso exclusivo à lua. Foto. Getty Images.
  • A agência garantiu à empresa de Elon Musk acesso exclusivo à lua

  • Processo corre sob segredo de justiça

  • Blue Origin ofereceu US$ 5,9 bi para participar de programa

A Blue Origin, empresa espacial de Jeff Bezos, entrou com um processo federal na última sexta-feira (13) devido a um acordo entre a Nasa e a SpaceX. Em contrato, a agência cedeu à companhia de Elon Musk acesso exclusivo para pousar na lua.

Ainda que o processo esteja correndo sob segredo de justiça, a empresa de Bezos afirmou que a intenção é corrigir falhas no Sistema de Aterrissagem Humana (HLS) da Nasa. O programa tem como objetivo dar acesso ao setor privado para desenvolver, construir e testar o veículo que vai propiciar o primeiro pouso na lua desde 1969.

Como o subsídio do governo não foi cedido à Nasa para pôr o programa em funcionamento, a agência anunciou que a SpaceX ficaria a cargo das funções por US$ 2,9 bilhões. Uma tentativa anterior da Blue Origin de questionar a decisão foi negada pelo Tribunal de Contas americano.

A batalha bilionária entre a SpaceX de Musk e a Blue Origin de Bezos já são públicas há tempos — o uso do veículo Starship da SpaceX foi chamado de irresponsável pela Blue Origin. A empresa de Bezos, fundador da Amazon, ofereceu US$ 5,9 bilhões para participar do HLS ao lado de gigantes como Northrop Grumman e Lockheed Martin.

As informações são da CNN Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos