Mercado fechado
  • BOVESPA

    104.027,55
    +3.252,98 (+3,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.939,66
    +932,50 (+1,86%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,88
    +1,31 (+2,00%)
     
  • OURO

    1.769,30
    -15,00 (-0,84%)
     
  • BTC-USD

    56.923,28
    +111,28 (+0,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.447,94
    +9,06 (+0,63%)
     
  • S&P500

    4.577,10
    +64,06 (+1,42%)
     
  • DOW JONES

    34.639,79
    +617,75 (+1,82%)
     
  • FTSE

    7.129,21
    -39,47 (-0,55%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.993,50
    +123,75 (+0,78%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3746
    -0,0722 (-1,12%)
     

Empresa brasileira lança jeans capaz de bloquear odores

·2 min de leitura

O jeans é um material bastante versátil para construção de roupas, pois oferece durabilidade, beleza e cai bem para quase toda ocasião. Mas ele também pode ser um pouco pesado e fazer o usuário suar no calor, o que pode trazer odores indesejáveis. Foi para tentar mudar esse paradigma que a Vicunha, multinacional brasileira do setor têxtil, criou um jeans tecnológico que bloqueia mau cheiro e traz mais leveza durante a vida útil.

O material foi desenvolvido em parceria com a Polygiene, uma empresa sueca especialista em criar tecidos higiênicos e duráveis. Neste caso específico, as companhias combinaram duas tecnologias — BioStatic e OdorCrunch — aplicadas ao jeans. Segundo a empresa, a primeira foca no combate à formação e crescimento de bactérias causadoras de maus odores, assim você terá uma roupa mais limpa por mais tempo.

Visualmente, não há diferença entre um jeans tradicional e um com o tecido anti-odor (Imagem: Reprodução/Polygiene)
Visualmente, não há diferença entre um jeans tradicional e um com o tecido anti-odor (Imagem: Reprodução/Polygiene)

Já a segunda, busca remover quaisquer odores ambientais que podem aderir facilmente a roupas, como fumaça de churrasco, cheiro de cigarro ou os próprios odores corporais da transpiração. A Vicunha explica que a tecnologia consegue encapsular as moléculas de cheiros desagradáveis para quebrá-las na sequência e evitar a aderência na roupa.

Por não acumular bactérias nem cheiros ruins, os produtos fabricados com o jeans especial podem ser lavados menos vezes, o que ajuda a economizar energia, água e dinheiro, além de estender a vida útil da peça. Em geral, os jeans costumam perder a forma, o caimento, as cores e ter as fibras enfraquecidas após muitas lavagens, portanto a expectativa é de maior durabilidade.

Uma inovação necessária

O diretor de marketing da Vicunha, German Alejandro, acredita que essa inovação traz um toque necessário de sustentabilidade para o cliente e o meio ambiente. "Oferecer ao mercado de moda soluções que permitam ao consumidor economizar água e energia lavando menos a roupa traz tantos impactos positivos que acaba sendo não só uma boa tecnologia para a indústria têxtil, mas também uma solução prática e ágil para a sociedade, que exige cada vez mais soluções sustentáveis da cadeia de moda", comenta.

Além do Brasil, a Vicunha também tem forte atuação na América Latina, Europa e Ásia nos seus 50 anos de mercado: a especialidade são as soluções em jeanswear, mas trabalham com tecidos denin e brim. Agora, a empresa aposta em um produto inovador não somente para aumentar suas vendas, mas para entregar uma solução bem inovadora que pode dar o tom do mercado daqui para frente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos