Mercado fechará em 33 mins
  • BOVESPA

    100.498,00
    -761,75 (-0,75%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.274,26
    -433,46 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    38,53
    -1,32 (-3,31%)
     
  • OURO

    1.905,00
    -0,20 (-0,01%)
     
  • BTC-USD

    12.923,12
    -226,90 (-1,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    257,50
    -5,91 (-2,24%)
     
  • S&P500

    3.392,94
    -72,45 (-2,09%)
     
  • DOW JONES

    27.607,83
    -727,74 (-2,57%)
     
  • FTSE

    5.792,01
    -68,27 (-1,16%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,68 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.494,34
    -22,25 (-0,09%)
     
  • NASDAQ

    11.423,75
    -239,75 (-2,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6444
    -0,0195 (-0,29%)
     

Empresa BKR Ambiental vence leilão de serviços de água em Maceió

Daniel Mello - Repórter da Agência Brasil
·1 minuto de leitura

Os serviços de abastecimento de água e esgoto de Maceió, capital de Alagoas, foram concedidos hoje (30) por R$ 2 bilhões. O valor foi oferecido pela empresa BRK ambiental, vencedora do leilão realizado na B3, na capital paulista. O valor mínimo estipulado para a concessão, válida por 35 anos, era de R$ 15,1 milhões.

O contrato determina que devem ser feitos investimentos de R$ 2,5 bilhões ao longo do período de validade da concessão, sendo que R$ 2 bilhões desse total devem ser gastos nos primeiros oito anos de administração. Assim, o abastecimento na região deverá ser universalizado em seis anos e a rede de esgoto deverá atender 90% da população em até 16 anos.

Atualmente, entre os 1,5 milhão de pessoas que serão atendidas pelo contrato, apenas 27% têm coleta de esgoto. A captação e tratamento de água seguem sob responsabilidade da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal).

O leilão é o primeiro a conceder esse tipo de serviços desde a aprovação, em julho, do Marco Legal do Saneamento Básico. A lei, que prevê a universalização dos serviços de água e esgoto até 2033, facilitou a participação de investidores privados no setor.

A empresa

A BRK ambiental é formada por uma sociedade entre a companhia canadense Brookfield, que atua nos ramos imobiliário e de infraestrutura, e o Fundo de Investimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FI-FGTS). A Brookfield tem 70% das ações da BRK e o FGTS os 30% restantes.

A BRK tem investimentos em na área de saneamento e abastecimento em 100 municípios brasileiros em 12 estados, atendendo cerca de 15 milhões de pessoas.