Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.316,16
    -1.861,39 (-1,63%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.774,91
    -389,10 (-0,71%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,38
    -1,63 (-2,01%)
     
  • OURO

    1.927,60
    -2,40 (-0,12%)
     
  • BTC-USD

    23.098,12
    +275,01 (+1,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    526,66
    +9,65 (+1,87%)
     
  • S&P500

    4.070,56
    +10,13 (+0,25%)
     
  • DOW JONES

    33.978,08
    +28,67 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.765,15
    +4,04 (+0,05%)
     
  • HANG SENG

    22.688,90
    +122,12 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    27.382,56
    +19,81 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.221,00
    +114,25 (+0,94%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5462
    +0,0265 (+0,48%)
     

Empresa aposta no TikTok para melhorar a comunicação interna

Tyumen, Russia - January 21, 2020: TikTok and Facebook application  on screen Apple iPhone XR
Durante a pandemia, o número de e-mails trocados nas empresas mais que dobrou (Getty Image)
  • Rede social é utilizada como ferramenta de trabalho na companhia

  • Postagens mais criativas ganham bonificações em dinheiro

  • A ideia surgiu para aliviar o fluxo de e-mails e reuniões da corporação

Sabe aquele velho ditado empresarial que diz: "essa foi uma reunião que poderia ser um e-mail"? Em uma empresa brasileira, a comunicação interna foi reduzida aos segundos das produções postadas no TikTok.

Leia também:

“Trabalhamos vídeos no TikTok com uma comunicação divertida e rápida para abordar o feedback dos chefes, por exemplo. Com vídeos curtos, aumentamos o potencial de engajamento desse conteúdo e, com isso, tivemos um alcance alto entre nossos colaboradores", explica Christiane Beatrisse, Gerente de Marketing e Branding da Keeggo, companhia especializada em transformação digital empresarial.

Os colaboradores que criam as postagens mais criativas recebem bonificação em dinheiro. O incentivo serve para engajar os funcionários a utilizar a plataforma com mais frequência.

Comunicação interna no regime home office

Segundo uma pesquisa da Ragan, o volume de e-mails enviados aos funcionários mais que dobrou. Com a migração para o regime híbrido, a tendência é que os números de interações virtuais continuem altos.

Para além das caixas de entradas de e-mail abarrotadas, os trabalhadores tiveram aumento em cerca de 45% de encontros e reuniões virtuais. O resultado após mais de um ano são relatos de sensação de sobrecarga e exaustão.

“Esse aumento na fadiga das mensagens ocorre em um momento preocupante. À medida que a atenção diminui e as necessidades aumentam, os comunicadores internos precisam ser criativos para alcançar seus colegas”, defende Christiane.