Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.344,52
    -4.347,55 (-8,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Empresário que foi ao espaço com William Shatner morre em acidente de avião

·2 min de leitura

Um dos companheiros de Willian Shatner no voo turístico da Blue Origin, Glen de Vries, morreu aos 49 anos em um acidente de avião na última semana. Ele estava a bordo de um monomotor que caiu em uma floresta de Nova Jersey, nos Estados Unidos.

O avião Cessna 172 caiu em uma área arborizada de um parque estadual, cerca de 40 minutos antes do pôr-do-sol, de acordo com a Federal Aviation Administration (FAA), que investiga o acidente. O instrutor de voo, Thomas Fischer, de 54 anos, também não resistiu. Maria Njoku, porta-voz da FAA, disse que um relatório preliminar sobre o motivo da queda do avião será divulgado em aproximadamente uma semana, mas o relatório inicial confirma que a aeronave foi destruída no acidente, ocorrido "em circunstâncias desconhecidas".

Glen de Vries à direita, ao lado de Willian Shatner, usando traje espacial da Blue Orign (Imagem: Reprodução/Blue Origin)
Glen de Vries à direita, ao lado de Willian Shatner, usando traje espacial da Blue Orign (Imagem: Reprodução/Blue Origin)

De Vries começou seu treinamento de piloto privado com Fischer em fevereiro de 2016, de acordo com o site da Fischer Aviation. Ele comprou seu próprio Diamond monomotor em 2020 e tinha um crachá de Pilot Proficiency, emitido pela FAA. O crachá é concedido a pilotos que mantêm a proficiência em noções básicas de voo, para ajudar a mitigar acidentes devido a erro humano.

De Vries também foi co-fundador da Medidata Solutions, uma empresa de tecnologia lançada em 1999, atualmente considerada uma das plataformas de pesquisa clínica mais usadas do mundo, de acordo com o perfil do empresário e turista espacial publicado pela Blue Origin, antes de sua viagem ao espaço.

O fundador e CEO da Blue Orign, Jeff Bezos, publicou seus pêsames no Twitter, afirmando estar "de coração partido". Ele mencionou ainda que De Vries era “cheio de vida” e fazia todos rirem.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos