Mercado abrirá em 3 h 42 min
  • BOVESPA

    110.786,43
    +113,67 (+0,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.298,20
    -104,50 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,78
    -0,64 (-0,77%)
     
  • OURO

    1.783,30
    -1,60 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    65.483,47
    +1.420,38 (+2,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.543,04
    +62,24 (+4,20%)
     
  • S&P500

    4.536,19
    +16,56 (+0,37%)
     
  • DOW JONES

    35.609,34
    +152,03 (+0,43%)
     
  • FTSE

    7.196,20
    -26,90 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    26.012,35
    -123,67 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.708,58
    -546,97 (-1,87%)
     
  • NASDAQ

    15.338,50
    -39,00 (-0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4485
    -0,0711 (-1,09%)
     

Empresário com mestrado em computação perde R$ 3,6 mi em golpe com Bitcoin

·3 minuto de leitura

Que o mundo está ficando mais digital, todo mundo sabe. Oportunidades de ganhar dinheiro com a internet, seja em criptomoedas ou outros serviços, sempre atraem pessoas, mas o que muitos não percebem é como, durante esses processos, é fácil cair em golpes.

Segundo levantamento da Serasa Experian, mais de 2 milhões de brasileiros sofreram golpes financeiros durante o primeiro semestre de 2021. Crimes como o “Golpe do Falso Pagamento”, são responsáveis por grande parte das fraudes registrada no Brasil assim como o golpe da “Falsa Venda”. Outro exemplo é o "Golpe do Boleto", que, segundo relatórios, teve um enorme crescimento em 2021.

No mundo das criptomoedas, os brasileiros, recentemente, estão acompanhando o caso do "Faraó dos Bitcoins", que durante os últimos 5 anos movimentou mais de R$ 2 bilhões a partir de um "Golpe de Investimento" que prometia lucros de 10% ao mês para quem investisse com ele em Bitcoins.

A facilidade de cair em golpes

Se engana quem acha que só pessoas sem estudo ou que não conhecem tecnologia estão sujeitas a cair em golpes. O empresário britânico Naveed Saghir, de 44 anos, tem mestrado em Ciências da Computação, é dono de sua própria empresa e, mesmo assim, foi enganado por golpistas online, conforme uma reportagem da BBC mostrou.

Saghir foi vítima do "Golpe de Investimento", semelhante ao aplicado pelo "Faraó dos Bitcoins" aqui no Brasil. Essa fraude ocorre quando criminosos convencem vítimas a “investir” em negócios falsos, com a promessa de grandes retornos financeiros. O dinheiro, porém, não é investido, mas sim usado pelos bandidos.

Segundo Saghir, ele estava assistindo vídeos online quando, após ver um comercial falando de oportunidades de investimentos em ações, ele se interessou e procurou o anunciante."Estava assistindo a vídeos no YouTube, quando me deparei com um anúncio oferecendo a oportunidade de investir em ações e preenchi um formulário solicitando mais informações. No dia seguinte, recebi um telefonema de alguém que se apresentou como um agente de atendimento ao cliente e paguei US$ 350 (R$ 1,8 mil na cotação atual) para começar a investir", conta, segundo a reportagem da BBC publicada no UOL.

Logo depois, o empresário recebeu um nome de usuário e senha para um site de negócios bem construído, que, segundo ele, não levantava suspeitas. "No dia seguinte, eles me ligaram novamente, desta vez era alguém que se descreveu como meu gerente de conta e me deu um nome de usuário e uma senha para um site de negócios extremamente atraente."

Depois desse período inicial, o empreendedor britânico ficou de maio até agosto depositando quantias na suposta firma, acreditando na legitimidade do investimento. Quando notou que estava perdendo dinheiro, os criminosos o convenceram que todo o valor investido iria retornar com lucro.

No fim de agosto, Saghir entregou US$ 25 mil (cerca de R$ 131 mil) e 14,25 Bitcoins, que, em reais, fica com o valor aproximado de R$ 3,6 milhões, na cotação atual da criptomoeda. Algumas semanas depois desse depósito, ele se deu conta que estava sendo enganado.

Saghir, após perder tanto dinheiro, ainda se vê incrédulo com o que ele experienciou. "Ainda não consigo me lembrar como eles conseguiram me enganar. Não sei", conclui, ainda para a reportagem da BBC.

Como evitar cair em golpes

A história de Naveed Saghit mostra como é fácil cair em golpes. Mesmo que você seja uma pessoa informada, muitas vezes os criminosos conseguem convencer que a suposta proposta é um bom negócio, seja por oferecer lucros mirabolantes ou simplesmente por uma boa argumentação, usando dados reais de outros investimentos para dar credibilidade ao crime.

Porém, existem algumas dicas que, quando usadas, diminuem o risco de pessoas serem vítimas desse tipo de golpe. Confira elas a seguir:

  • Desconfie de lucros mirabolantes;

  • Não invista com desconhecidos;

  • Caso vá investir, invista pouco dinheiro;

  • Cheque o histórico da instituição que você quer investir;

  • Procure orientação de profissionais da área.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos