Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    54.847,69
    +62,65 (+0,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Empreendedora faz R$ 12,5 mil ao mês com marca de quebra-cabeças

·1 min de leitura
STABROEK, BELGIUM - APRIL 04: illustration image showing someone making a puzzle
STABROEK, BELGIUM - APRIL 04: illustration image showing someone making a puzzle
  • Criada em 2016 por Daniela Petroni, a Puzzle Me fabrica quebra-cabeças menores;

  • A marca, que fatura R$ 12,5 por mês, já atendeu eventos como Lollapalooza e Cirque du Soleil;

  • A empreendedora também busca contribuir com causas sociais com parcela do lucro.

A Puzzle Me, marca de quebra-cabeças idealizado por Daniela Petroni em 2016, está faturando por volta de R$ 12,5 mil ao mês. A paixão pela brincadeira começou quando a empreendedora ainda tinha 17 anos. Daí em diante, a mesma continuou a procurar itens originais com mais afinco, inclusive, de forma a utilizar o jogo para decorar a casa.

Antes da marca, Petroni, de 47 anos, trabalhou durante anos na área gastronômica e de eventos. Mas por causa da paixão pelo jogo, sempre nutriu um desejo de produzir algo que tivesse relação com o objeto. A partir daí, a empresária procurou entender sobre a produção do item.

Leia também:

A empresa tomou direção com a criação de projetos diferenciados para outras companhias. Como fazia quebra-cabeças menores, e com preços acessíveis, Petroni podia chegar em mais marcas do mundo corporativo. Uma das primeiras versões foi elaborada para o festival de música Lollapalooza, que acontece em São Paulo.

Logo em seguida, foi a vez do Cirque du Soleil entrar em contato com a Puzzle Me, de forma a criarem brindes especiais para a área VIP. Contudo, foi durante a pandemia que Petroni viu a possibilidade de vender imagens diferenciadas, algo que sentia falta no varejo. Na época, percebeu que mais pessoas compravam o item para se distrair em casa.

Dessa forma, o e-commerce foi criado em novembro de 2020.

A empreendedora também procurou investir mais no aspecto social, criando, portanto, o Projeto Mulheres, que transforma as artes elaboradas pelas mesma em quebra-cabeças, revertendo 5% do valor para instituições como IRME e Fala Mulher.

As informações são do Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos